Super final do Mundial de Parapente em Baixo Guandu. Já começou

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Dos 200 pilotos que vão desfilaram em Baixo Guandu, cerca de 150 estão competindo diretamente na Super final do Mundial de Parapente, cujos campeões serão conhecidos nas diversas categorias da competição, que teve etapas no ano passado no Brasil (Baixo Guandu), Itália, Austrália, Bulgária e Turquia.

Desde o final de semana Baixo Guandu já vive um intenso movimento em torno da Superfinal do Mundial de Parapente. A cidade está cheia de estrangeiros (cerca de 300) e são esperados mais 700 turistas brasileiros para acompanhar os 11 dias de provas. A expectativa é de movimento de R$ 1 milhão na economia

Os hotéis de Baixo Guandu e Aimorés (cidade vizinha em MG) estão lotados e muitos guanduenses alugaram suas casas para receber os turistas. A opção de hospedagem tem sido Colatina, que fica a 48 km de Baixo Guandu.

O país recordista de pilotos é a Itália, com 13, seguido da França com 11 competidores. Mas a diversidade é muito maior: Hoje no município de Baixo Guandu se encontram pilotos de países como Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, Polônia, Austrália, Turquia, Japão, Suiça, República Tcheca, Coréia do Sul, África do Sul, Alemanha, Sérvia, Espanha, Holanda, Canadá, Finlândia, Bulgária , entre outros, além dos pilotos do Brasil.

Pela primeira vez na história, o Espírito Santo recebe a final de um campeonato mundial na área esportiva. De 19 a 30 de março

Os pilotos começam a subir na rampa por volta das 8h30min. As decolagens acontecem das 10h30min às 13h, entre os dias 20 e 30 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular