Colatinenses serão testados a partir desta quarta-feira (13) para identificar quem já teve ou não contato com o Covid -19

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O Governo do Estado vai começar nesta quarta-feira (13), a testar os capixabas para identificar quem já teve ou não contato com o Covid -19 (Coronavírus). Na nossa região os primeiros municípios a receber as equipes são Colatina, Barra de São Francisco, Nova Venécia e São Gabriel da Palha.

A Secretária Municipal de Saúde, Kamila Roldi, disse que em Colatina, o inquérito será feito em 5 bairros com equipes distintas. Ela disse que a escolha dos bairros será aleatória e que a programação é da Secretaria de Estado da Saúde.

Kamila Roldi informou que as equipes que atuarão no inquérito estarão paramentadas, identificadas com crachás e documentadas; que as famílias a serem abordadas assinarão um termo de consentimento já que a participação é voluntária.

A Secretária relatou que quando a equipe entrar no domicílio será escolhido um morador e que este vai ser submetido a um teste rápido independente se apresenta ou não sintomas da doença. Caso dê positivo a equipe então fará teste na família inteira, mas a princípio o teste será feito em apenas um morador da casa. Kamilia Roldi falou que a abordagem terá duração de 15 a 20 minutos.

Segundo a secretária Kamila o inquérito será como o retrato dessa pandemia; vai ser importante para observar como está sendo o comportamento, a evolução da doença, quantas pessoas já foram submetidas ao contato com esse vírus. O teste vai demonstrar se a pessoa  está com a doença ou se já teve o Coronavíruos.

De acordo com a Secretaria  Municipal de Saúde de Colatina se o paciente  tiver a doença  será encaminhado a Vigilância Epidemiológica, notificado, e vai entrar no grupo de acompanhamento e monitoramento da Vigilância Epidemiológica.

Esta primeira fase da pesquisa deve durar 3 dias e testar 4.500 pessoas e 19 municípios capixabas. A pesquisa vai até o mês de julho próximo.

Mais Notícias

Deixe um comentário