Santa Casa de Colatina inaugura 10 leitos de UTI e 30 de clínica médica

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Uma semana importante para a saúde do município de Colatina. Nesta segunda-feira (27), ocorreu a inauguração de 10 leitos de UTI e 30 leitos de clínica médica. A solenidade contou com a presença de autoridades do legislativo municipal, Renan Bragatto e Juarez Fadini que já ocupou o cargo de diretor da instituição, além do vereador Jarjura que tem laços afetivos com a Santa Casa de Colatina pela relação de amizade e política que tinha com seu fundador o ex-prefeito Dr. Dilo Binda.

A diretora geral da Instituição, Débora Gatti reuniu a direção técnica para a inauguração. Também estavam presentes os conselheiros da Santa Casa de Misericórdia. Quem se fez presente foi o Deputado Federal Da Vitória, que foi o articulador junto ao governo estadual, para a captação dos recursos e articulação política para que o projeto pudesse se concretizar. 

A mentora da ampliação da Santa Casa de Misericórdia de Colatina, diretora geral Débora Gatti disse na solenidade: “Com grande satisfação e gratidão que hoje, entregamos à população Colatinense e Região Central de Saúde, 10 leitos de UTI Adulto e 30 leitos de Clínica Médica. Um projeto tão sonhado que conseguimos concretizar com o apoio e confiança do Deputado Federal Da Vitória em nossa gestão e projetos, foi um elo de extrema importância nas negociações para a parceria com o Governo do Estado, e hoje, a Santa Casa de Misericórdia faz parte da rede assistência estadual em saúde, caracterizando um grande avanço para toda a região. Este projeto foi realizado com muito carinho e humanização para que todos que dependem do SUS possam ter um atendimento de saúde em excelência”. Relata Débora.

O Trabalho     

O Hospital Santa Casa de Colatina vem buscando ao longo dos anos aumentar seu potencial no atendimento hospitalar, de maneira a agregar novos serviços e se tornar referência para Região Central de Saúde do Estado do Espírito Santo.

No início de 2020, o Hospital iniciou um processo de transformação, concretizando como referência em maternidade de risco habitual para a Região Central, fato esse, que a atual gestão aperfeiçoou e qualificou o espaço físico, que sempre dispôs, no entanto, o mesmo não atendia às condições sanitárias de funcionamento do ambiente hospitalar, havendo necessidade de reformas estruturais para adequar a oferta assistencial.

Ainda, iniciou-se o diálogo com a Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (SESA), apresentando um projeto para implantação de leitos de clínica médica na Instituição, visando apoiar o Estado, devido a superlotação do Hospital Estadual Sílvio Avidos.

Diante da atual Pandemia, tornou o projeto emergencial, em que a SESA manifestou o interesse de implantar leitos de UTI afim de integrar com a assistência em clínica médica.

As adequações estruturais iniciaram a partir de auxilio emergencial disponibilizado ao Hospital, através do Governo Federal e a aquisição de equipamentos se deu por parte da Instituição e apoio do Deputado Da Vitória.

Ressalta-se que a reforma da maternidade, ampliação da clínica médica, e construção do leitos de UTI, aumentará a capacidade instalada de 61 para 92 leitos, promovendo um aumento de aproximadamente 70% no número de atendimentos na Região Central de Saúde do Espírito Santo, em busca de garantir excelência na prestação dos serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde.

Mais Notícias

Deixe um comentário