Deputado Da Vitória afirma que bancada capixaba vai ajudar com recursos federais para obra da Terceira Ponte de Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Uma obra tão esperada pelos colatinenses começa a sair do papel. O governador Renato Casagrande (PSB) autorizou ontem (26/08) a licitação para a contratação do projeto da Terceira Ponte de Colatina. O coordenador da bancada federal capixaba, deputado Da Vitória (Cidadania-ES), afirmou que os parlamentares do Espírito Santo serão sócios desta construção e que vão destinar recursos de emendas para a realização dela.

Da Vitória contou como foi a construção desse entendimento para a realização do projeto, agradeceu o governador Casagrande, falou sobre os próximos passos para que a Terceira Ponte se torne realidade e disse que a bancada federal é sócia deste investimento. A construção terá cerca de 800 metros, com aproximadamente 26 metros de largura para abrigar carros, pedestre e ciclistas.

O governador anunciou nesta quarta-feira (26) um importante investimento para Colatina: o início do projeto para a Terceira Ponte da cidade. Qual a importância desta obra e como foi feito esse entendimento da necessidade dela junto ao Governo do Estado?

Ainda no início do ano passado, em uma reunião com o governador Renato Casagande no Palácio Anchieta, que reuniu as lideranças políticas de Colatina – deputado federal licenciado e secretário de Agricultura, Paulo Foletto, deputado estadual Renzo Vasconcelos, a Prefeitura, todos os vereadores da cidade – ficou definido que a implantação da Terceira Ponte era uma necessidade e uma prioridade para a cidade. Ao longo de 2019 e 2020 mantivemos o diálogo com o Governo, com o diretor-presidente do DER-ES, Luiz Cesar Maretto, para que pudéssemos dar andamento a este projeto. Ontem (26/08), depois de todo estudo feito pelo Governo, foi autorizada a licitação para a contratação do projeto de engenharia da obra. É o primeiro passo para realização dela. A Terceira Ponte é uma necessidade da cidade, pois vai melhorar a infraestrutura, o trânsito e a vida do colatinense e para àqueles que precisam passar por ela. Temos muito a agradecer ao governador Renato Casagrande por dar autorização para o projeto.

Onde vai ficar a nova ponte?

Após o estudo técnico realizado pelo DER-ES ficou definido que a Terceira Ponte ficará entre a Primeira e Segunda ponte, conforme o mapa que foi divulgado. É um local estratégico e definido após o estudo.

Como a bancada federal vai contribuir para que tenhamos recursos para realizar essa obra?

A bancada federal capixaba é sócia deste projeto. Todos os nossos três senadores e os outros nove deputados federais sabem da importância dessa obra. A nossa bancada tem uma característica que os outros estados não tem: somos unidos e definimos juntos a destinação da emenda que temos direito no orçamento da União, cerca de R$ 250 milhões por ano para obras importantes. É uma obra de desenvolvimento de Colatina e região Noroeste. E vamos manter esse diálogo, essa construção com os nossos parlamentares para que possamos destinar parte do recurso que temos direito, seja no Orçamento de 2021, no Orçamento de 2022, para que tenhamos garantidos os recursos para a construção da Terceira Ponte. Também temos um diálogo muito bom o presidente Jair Bolsonaro. Isso tem facilitado e aberto as portas do Espírito Santo junto ao Governo Federal.

Mais Notícias

Deixe um comentário