Após perder R$ 11 mil, colatinense faz “armadilha” para pegar golpista

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Um golpista tentou se aproveitar de uma mulher em Colatina, mas a vítima desconfiou e acabou frustrando a expectativa do criminoso. Na tarde desta terça-feira (8), um estelionatário se passou pela irmã dela, em um aplicativo de mensagem, e pediu R$ 6.200 reais emprestados.

Segundo a mulher, enquanto eles conversavam, a irmã fez contato por meio do número verdadeiro e ela verificou que se tratava de um golpe. Como a vítima já tinha ouvido falar deste tipo de golpe e havia sido vítima recente de clonagem, decidiu preparar uma armadilha para os golpistas. Pelo celular, disse que o dinheiro podia ser retirado na casa dela e chamou a polícia.

Quando chegou na residência, o motoboy foi abordado e alegou para os militares que era contratado apenas para pegar o valor e depositar em três contas diferentes, sem conhecer o contratante. Outro motoboy que o acompanhava também fazia o mesmo serviço e acabou, também, sendo detido.

Após a abordagem, os dois disseram que só trabalhavam em uma empresa transportes e que foram enviados para buscar os valores.

Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia de Colatina. A Polícia Civil vai investigar a participação dos motoboys no caso.

Recentemente a vítima já havia caído em outro golpe. Na ocasião, a mulher foi enganada e perdeu R$ 11 mil após ter o cartão de crédito clonado.

De acordo com a polícia, esse não foi o primeiro golpe registrado em Colatina. Só nos últimos dois meses, foram mais de 200 registros de estelionato. Os crimes são variados, mas a maioria acontece pela internet. Segundo a polícia, a compra de carros pela internet e o sequestro de contas em aplicativos de mensagens são os mais recorrentes.  

ESFALA/Informação João Henrique Castro/A Gazeta

Foto ilustrativa captada nas redes sociais

Mais Notícias

Deixe um comentário