Hortaliças produzidas por detentos são doadas para instituições de caridade em Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O projeto Semeando Solidariedade, da Penitenciária Média de Colatina-COL,criado inicialmente como uma forma de terapia para detentos de idade avançada, que plantam couve, abóbora, cenoura, tomate, alface, temperos, dentre outros alimentos, passou a ter outro objetivo além do plantio: a solidariedade.

Quando o projeto foi concebido, a produção da horta era distribuída em forma de kits apenas para as famílias dos detentos nos finais de semana. Mas com a expansão do espaço de criação das hortaliças, as doações passaram a ser feitas também a instituições filantrópicas, como asilos, escolas e creches do município.

De acordo com o diretor-adjunto do PSMECOL, Ricard de Souza Tancredo, com o aumento das áreas cultiváveis, o plantio que era feito em um espaço de pouca extensão, agora possibilita uma larga produção de alimentos.

A horta é mantida pelos servidores da penitenciária por meio de doações de sementes, mudas e adubos. Além de acabar com a ociosidade, o projeto ainda proporciona aos detentos a sensação de se sentirem úteis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular