Bispo Diocesano de Colatina, Dom Wladimir, testa positivo para a Covid-19

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O bispo da Diocese de Colatina, dom Joaquim Wladimir Lopes Dias, testou positivo para a Covid-19. Na manhã desta segunda-feira (13), dom Wladimir fez o exame de PCR e também o sorológico, que detectaram a presença do vírus.

Segundo informações da Diocese, o bispo não apresenta sintomas, mas segue todas as recomendações médicas em isolamento, na residência episcopal, em Colatina.

Relembrar:

Dom Wladimir juntamente com os líderes católicos do Estado, no dia 11 de junho, assinaram um documento intitulado “Por que dobram os sinos?”, neste documento, assinado por d. Dario Campus Arcebispo de Vitória; d. Wadimir Lopes, Bispo de Colatina; d. Paulo Bosi Dal Bò, Bispo de São Mateus; e Padre Walter Altoé, administrador diocesano de Cachoeiro de Itapemirim.

A principal mensagem da carta era uma chamada à responsabilidade da sociedade e dos governantes. ” O momento que estamos atravessando exige mudança no pensar, no falar e no agir, fazendo do isolamento social, mais do que um dever, tornando-o um gesto de compaixão. É preciso que cada um tenha consciência e mantenha-se em casa para evitar o contágio e, por ele, o sofrimento de outras pessoas”. Alertam.

Na ocasião, os bispos pedem aos governantes que adotassem medidas para restringir  a circulação de pessoas e que não cedessem ao poder econômico neste momento de aumento dos casos de infecção pela Covid-19.

“Pede-se ao poder público, em todos os níveis, atitudes sérias de governo, a fim de restringir a circulação das pessoas, sem rodeios, pois, neste momento, não podemos nos envergar diante das pressões de grupos econômicos,. Todos devemos nos comprometer, pois, ninguém, e nenhuma instituição, pode se omitir ou transferir suas responsabilidades diante deste trágico quadro”. Afirma um trecho da carta.

“As decisões políticas devem ser tomadas, estritamente, com base no conhecimento técnico e científico, caso contrário, outras milhares de vidas serão sacrificadas e muitas famílias sofrerão a perda se seus entes queridos. Ainda há tempo para nossas ações sejam eficazes e salvem muitas vidas, a fim de que possamos sair fortalecidos como sociedade diante do desafio global”.       

Mais Notícias

Deixe um comentário