Veja como fica o comércio de Colatina após novo decreto que entra em vigor neste sábado (8)

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Após um longo período atendendo em dias alternados o município de Colatina, por decreto estabelecido pelo Governo do Estado, voltará a funcionar diariamente de segunda-feira a sexta-feira, no horário entre 10 e 16 horas. Essa medida é obrigatória para todas as cidades que tenham acima de 70 mil habitantes.

As cidades que tenham uma população menor, poderá optar pelo funcionamento do comércio entre terça-feira e sábado ou manter os mesmos dias da semana estabelecidos pelo Estado nas cidades acima de 70 mil moradores.

Neste final de semana, excepcionalmente nos 78 municípios capixabas, o comércio funcionará das 9 horas às 15 horas no sábado. Restaurantes também poderão abrir às portas no sábado e no domingo das 10 às 18 horas.

Segundo o Setor de Comunicação da Prefeitura de Colatina, esse é um decreto extraordinário devido a data comemorativa do Dia dos Pais. Já no próximo final de semana, nos dias 15 e 16 de agosto, o comércio voltará a cumprir o decreto que está em vigor, sendo novamente proibido o funcionamento de estabelecimentos comerciais e de prestadoras de serviços não essenciais.

Mesmo o Dia dos Pais não estando entre as cinco datas mais lucrativas para o comércio, pelo contexto vivenciado pelo município em não ter as lojas abertas aos sábados, as vendas podem surpreender. “Gostei muito da determinação onde poderemos funcionar no dia que antecede uma data comemorativa. No momento que estamos vivendo, qualquer flexibilidade a mais faz o comércio ganhar fôlego”. diz um comerciante do centro de Colatina.

Um ponto indefinido ainda é sobre a volta às aulas. O governo do Estado ainda avalia a possibilidade de autorizar o retorno das aulas presenciais em setembro.

De acordo com o governador Renato Casagrande, ainda é cedo afirmar que as atividades serão retomadas no próximo mês, mesmo com a taxa média de transmissão do novo coronavírus no estado estando abaixo de 1 — o que é considerado o ideal por especialistas.

“Nós temos muita vontade de voltar com as aulas presenciais,mas nós ainda estamos em dúvida. Temos algumas regiões do estado, como o litoral sul, o centro-oeste, região do Caparaó, em que nós temos ainda uma transmissão acima de 1”, afirmou Casagrande.

Mais Notícias

Deixe um comentário