Família consegue remoção de funcionário da Prefeitura de Colatina encontrado morto após 17 horas da descoberta de seu falecimento

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Uma família de Colatina está desde esta quarta-feira (09), tentando liberar o corpo de um idoso que morreu dentro de casa. Ainda não se sabe a causa da morte e o corpo somente foi retirado por volta de 11 horas desta quinta-feira (10) .

O homem foi encontrado no apartamento em que morava sozinho no bairro Pôr do Sol. A filha que mora no andar de baixo encontrou o corpo em cima da cama.

Darci Vítor, de 64 anos, funcionário da Prefeitura de Colatina, foi visto pela última vez na terça-feira (08), à tarde. O corpo foi encontrado por volta das 18 horas desta quarta-feira (09). Os familiares chamaram primeiro a Polícia Militar até para saber como deveria ser feita a retirada do corpo.

A partir daí é que as dificuldades começaram a aparecer. A Polícia Civil foi comunicada do fato e segundo familiares dois peritos teriam se recusado a ir ao local alegando que não seria de sua competência.

Uma funerária foi acionada, verificou o fato, percebeu que o corpo do idoso estava em estado de decomposição e disse que a competência para a retirada do corpo seria do Departamento Médico Legal de Colatina (DML).

A ocorrência confeccionada pela Polícia Militar parou na Delegacia de Polícia e o delegado de plantão- ainda de acordo com os familiares- autorizou a funerária fazer a retirada do corpo e tomar as providências cabíveis.

Uma médica foi chamada para ver o corpo e fazer a liberação só que como o corpo estava com muito sangue num dos lados da boca da vítima ela disse que não tinha segurança em atestar o óbito. Ela deu uma declaração para que o corpo fosse encaminhado para o DML.

Ainda não se sabe as causas da morte. Especula-se que o idoso possa ter sofrido um ataque cardíaco.

Mais Notícias

Deixe um comentário