Colatinense volta da Itália para rever a família e morre de Covid-19 no município

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A covid-19 tirou a vida de mais uma colatinense, desta vez, uma mulher de 41 anos, sem comorbidades e gozando de muita saúde. Elainy Coradini Casér, mudou-se para Itália já tinha 16 anos, mas a saudade apertou e voltou para o Brasil, juntamente com seu companheiro e a filha, a família tinha o objetivo de permanecer no país. 

Elainy, chegou em Colatina no dia 19 de novembro, sempre alegre, comunicativa e com seu jeito extrovertido, fez o que mais sabia, levou para as pessoas, amigos e familiares o carinho e a alegria que lhe era peculiar.

Após 25 dias que estava no Brasil, começou a sentir os sintomas da contaminação do novo coronavírus. Os primeiros sintomas foram cansaço no corpo e posteriormente falta de ar. Foi quando Elainy Coradini Casér, foi em busca de cuidados médicos. 

No dia 15 de janeiro ela foi internada em um hospital de Colatina.

Segundo familiares, foi um período muito delicado, pois após três dias de internação ela foi entubada. A família apreensiva recebia notícias diariamente para acompanhar seu estado de saúde. No último domingo (21), Elainy sofreu uma parada cardíaca e ficou 14 minutos sem oxigênio, mesmo diante de tantos problemas conseguiu sobreviver até às 15h45 do dia 26 de fevereiro. Após 41 dias lutando pela vida, a jovem mulher sem comorbidades, veio a óbito.


Nas redes sociais, por ser muito querida, muitas manifestações de pesar pelo seu falecimento. “Meu Deus estou chocada, sabia que ela estava com a Covid, mas nunca imaginei em perder uma amiga tão querida e cheia de vida”, revela uma amiga do facebook.  

“Ela era uma pessoa muito alegre, gostava muito de passear, estar com os amigos, não gostava de ficar sozinha, sempre acompanhada, tinha muitos amigos, tinha muita disposição, estava sempre de bom humor e deixava todos felizes com sua companhia”. Revela seu irmão Willian Coradini Casér.

Elainy Coradini Casér, faleceu aos 41 anos, deixando um casal de filhos, o companheiro, pai e mãe, e dois irmãos, e vários parentes, tios, tias, avós, primos, todos moradores de Colatina e uma legião de amigos que ficarão com muitas saudades de uma pessoa querida, que com seu jeito extrovertido unia todos em sua volta.

5 respostas

  1. Elaine frequentou minha casa desde a infancia com minhas filhas sempre espuletinha e feliz nunca a vi triste o céu vai esta contente com sua presenca.Vai em paz querida

  2. Meu Deus era a minha melhor amiga, aqui na Itália a gente não se separava por nada, sempre juntas, a dor está muito grande. 💔💔

  3. Tive o prazer de conhecer a Elaine,,pessoa maravilhosa!alegre!muito simpática!.que Deus conforte a família, amigos e conhecidos..paz a tua alma..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular