Polícia

Homem é preso por dirigir embriagado em Colatina

Policiais militares realizavam neste domingo (24), cerco tático na Avenida Sílvio Avidos, em São Silvano, Colatina, quando abordaram uma motocicleta Honda Biz. O condutor A.S.F.,

Ex-secretário da Saúde de Marilândia, Beto Partelli, é denunciado por funcionária da Prefeitura por ameaça

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Uma polêmica está ocorrendo na cidade de Marilândia, envolvendo o ex-secretário de saúde do município, Beto Parteli, e uma funcionária da Prefeitura de Marilândia. A confusão foi tanta que acabou em denúncia no Departamento de Polícia da cidade.

Segundo informações, uma funcionária, conhecida como Carminha Valles, que trabalha no setor de protocolo da administração, revelou às autoridades policiais que o ex-secretário de saúde, Beto Parteli, foi ao seu local de trabalho e, no momento em que a funcionária estava protocolando um documento para o ex-secretário, o mesmo tentou pegar o livro de protocolo, pela janela, das mãos da funcionária.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, a funcionária disse às autoridades policiais que, em tom de ameaça, ele perguntou à funcionária se tinha certeza de que não iria entregar o livro para ele. Insatisfeito, segundo a funcionária, Roberto Carlos Parteli tirou várias fotos de dentro do recinto de trabalho da funcionária, posicionando o celular pela janela do local localizado no prédio da Prefeitura de Marilândia.

Na última sessão da Câmara de Vereadores de Marilândia, o vereador Adilson Reggiani narrou o fato, acusando Beto Parteli de achar que a funcionária seria subordinada a ele: “quase todos os funcionários eram subordinados ao mesmo (no período que Partelli esteve a frente da secretaria da saúde), temos servidores e vereadores que já foram servidores, que já reclamaram comigo, que ele metia o bico lá e gostaria de mandar”, afirma o vereador 

Segundo Reggiani, o ex-secretário de saúde humilhou tanto a funcionária que foi necessário chamar a polícia no local e fazer uma ocorrência contra Beto Parteli.

O OUTRO LADO:

A redação do Portal de Notícias ESFALA buscou ouvir a versão do ex-secretário de saúde, Beto Parteli, mas até o momento do fechamento desta matéria, às 22h15, não obtivemos resposta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular