Novo aumento do GNV ainda não chegou a Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A partir desta segunda-feira (2), primeiro dia útil do mês, os consumidores vão sentir a diferença no bolso na hora de abastecer o carro, isso porque neste domingo (1º) começou a valer o reajuste de 7% sobre o Gás Natural Veicular (GNV), estabelecido pela Petrobras. Porém, a boa notícia é que em Colatina o aumento não tinha sido repassado ao consumidor até a tarde desta segunda-feira (2). 

Como de praxe, no mais tardar até esta terça-feira (3), o valor deve refletir no preço do combustível. Atualmente, o metro cúbico (m3) do GNV está custando R$ 4,49 no único posto que vende o combustível na cidade, localizado no bairro Carlos Germano Naumann. 

Em maio, a Petrobras já havia adotado um reajuste de 39% em média. No Espírito Santo, mais de 40 mil carros são movidos a Gás Natural Veicular(GNV).

E O CONSUMIDOR?

Por longos anos, o GNV foi uma opção para motoristas que rodavam muito e precisavam economizar. No final das contas, quem sai mais prejudicado nessa dança de preços que só aumentam é o cliente que, diferente de outros tempos, muitas vezes não consegue sequer encher o tanque de combustível do carro e rodar tranquilamente por semanas sem pensar em reabastecer novamente em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular