Polícia

Homem é preso por dirigir embriagado em Colatina

Policiais militares realizavam neste domingo (24), cerco tático na Avenida Sílvio Avidos, em São Silvano, Colatina, quando abordaram uma motocicleta Honda Biz. O condutor A.S.F.,

Mais uma tragédia em família: Mulher é presa por matar a mãe idosa espancada em Baixo Guandu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Uma mulher de 49 anos, identificada como Lindaura Vieira de Souza, foi presa em flagrante na madrugada desta quinta-feira (5) por matar a própria mãe, a aposentada Luzia Eccel Vieira. O crime aconteceu dentro de uma residência, em Baixo Guandu. 

De acordo com o delegado Edson Félix, a idosa foi encontrada morta sobre a cama e apresentava vários sinais de espancamento, principalmente no rosto. A filha estava com as mãos sujas de sangue e, segundo a polícia, totalmente alucinada e desorientada. 

O delegado informou também que a suspeita sofre de depressão e brigava constantemente com a mãe porque queria levar o namorado para dentro de casa e a idosa não aceitava. 


Lindaura foi encaminhada para a Delegacia de Baixo Guandu e deverá ser ouvida ainda nesta quinta-feira(5).

MULHER SERÁ AUTUADA POR HOMICÍDIO QUALIFICADO

O delegado vai continuar as investigações ouvindo vizinhos e as outras filhas da aposentada. 

Ele disse que, em seu depoimento, Lindaura disse que tinha constantes brigas com a mãe e que fazia uso de remédio para dormir. 

“Ela foi autuada em flagrante por homicídio qualificado, por ter sido cometido contra uma vítima idosa, que não teve a mínima chance de defesa”, explicou. Após o encerramento das investigações, o inquérito será encaminhado ao Ministério Público.

 


ALÉM DESSE CASO, SEMANA TEVE OUTRA TRAGÉDIA EM FAMÍLIA

A morte da aposentada em Baixo Guandu foi a segunda tragédia em família registrada no Espírito Santo. O médico urologista Paulo Oliveira César, de 68 anos, e a esposa Raquel Heringer César, de 61, foram mortos a facadas dentro de um apartamento, em Vila Velha, na madrugada desta quarta-feira(4). 

Segundo a Polícia Civil, os assassinatos foram cometidos pelo filho do casal, o estudante de medicina Guilherme Heringer César, de 22 anos. 

Os corpos da família continuam no Departamento Médico Legal de Vitória.

ESFALA: foto captada nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular