Comandante da PM atribui queda da violência em Baixo Guandu à integração das forças de segurança

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O comandante da 2ª Cia do 8ª Batalhão da Polícia Militar, capitão Wagner Batista, atribuiu o sucesso de Baixo Guandu no combate ao crime a um intenso trabalho de integração envolvendo as diversas forças de segurança que atuam no município.
 Ao divulgar as estatísticas oficiais da Polícia Militar sobre o número de homicídios e crimes contra o patrimônio em Baixo Guandu, o capitão Wagner explicou que a queda da violência foi um trabalho cuidadoso, feito de forma gradual e com muito critério.
 “Muitos fatores ajudaram para diminuir 80% no número de homicídios e queda em outros indicadores, como os crimes contra o patrimônio. Mas o principal deles foi uma integração grande das forças de segurança, envolvendo as polícias Civil e Militar, Promotoria Pública e a Justiça, além é claro do Gabinete de Gestão Integrada Municipal , que se reúne com regularidade para analisar e discutir a questão da segurança”, afirmou o capitão Wagner Batista.
 Para o comandante da PM em Baixo Guandu, hoje a cidade vive um clima de bastante tranquilidade, comparando-se as estatísticas dos últimos anos, porém o trabalho tem que continuar com a mesma intensidade.
 Um dos pontos mais críticos da segurança em Baixo Guandu era a questão do tráfico de drogas. O capitão Wagner explicou que 66% dos homicídios praticados em Baixo Guandu em anos passados tinha relação com esta atividade ilícita, o que exigiu uma atenção especial no desmantelamento de quadrilhas que faziam o tráfico.

Deixe um comentário