Lavanderia em Colatina é denunciada por lavar roupa de hospital com água imprópria

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O Ministério Público Estadual está apurando uma denúncia de utilização de água imprópria para lavar roupas de pacientes de um hospital e de presidiários de Colatina.

Segundo o MPES, que está na fase final de investigação, o denunciante não especificou onde essas irregularidades estariam ocorrendo. Colatina tem quatro presídios e oito hospitais.

O Ministério Público vai solicitar à empresa Sanear, responsável pelo saneamento básico de Colatina, que se posicione sobre a denúncia.

A informação é de que a água seria proveniente de uma ligação com a rede de esgoto do bairro Honório Fraga.

O presidente da autarquia municipal, Daniel Dalla Favarato, disse que o Sanear só fornece água tratada.

É preciso saber qual a lavanderia que atende este hospital e o presídio. Algumas destas empresas, assim como outros usuários, utilizam água de captação própria, como poços artesianos e lagoas, e isso não é responsabilidade do Sanear, concluiu Daniel. .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular