Desde a morte do professor João Inocêncio a escola Professora Luíza Crema em Baunilha está sem professor de português e Inglês. Os pais estão reivindicando.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Moradores de Baunilha fazem um apelo à Prefeitura de Colatina: Para regularizar  a situação  da Escola professora  Luíza Crema que segundo eles, está  sem professor  de língua portuguesa  e Inglesa para alunos do  sétimo e nono ano,  há 20 dias, situação que vem arrastando desde a morte  do professor João Inocêncio.

Segundo eles a escola já fez vários pedidos  junto a SEMED e nada foi feito até agora.  A nossa reportagem entrou em contato com a  Secretaria de Comunicação para uma resposta sobre o assunto e recebemos a informação de que os trâmites legais para a contratação já foram tomados e seguem administrativamente.

Essa substituição  leva um tempo pois é preciso  fazer a convocação, publicar, reunir a documentação e a Secretaria Municipal de Educação  já enviou ao gabinete todo o procedimento necessário para  que o mais  breve a escola  volte a ter o educador da referida área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular