Mulher é estuprada enquanto marido trabalhava na panha de café no interior de Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Uma mulher foi vítima de estupro em uma localidade da zona rural de Colatina. Ela disse que estava passando pano na casa quando uma pessoa chegou por trás, e a agarrou. Pensando que fosse o marido brincou dizendo: Já Chegou? Ao olhar para trás viu que se tratava de um desconhecido, e que estava de posse de uma faca determinando que ela ficasse quieta e não gritasse.

Em seguida rasgou suas roupas, e a violentou sexualmente passando em seus seis a ponta da faca causando algumas escoriações. Neste momento ouviu o barulho de ônibus, e a mesma gritou . O indivíduo a largou,  pegou sua bermuda e camisa, e fugiu entrando no mato.

Quando percebeu que o tarado já tinha ido embora  a vítima pôs as roupas, e foi ao local de trabalho de seu marido, num secador de café, que fica distante da residência onde o casal mora, e contou o ocorrido.

De acordo com a vítima o acusado é moreno, alto, trajava bermuda preta  e camisa azul, aparentando ter entre 30 e 35 anos, de cabelos cacheados e cheios. 

A população do interior, muitas vezes vivem em locais isolados, onde seus vizinhos mais próximos estão a quilômetros de distância. Por isso, a atenção deve ser redobrada, principalmente em períodos de panha de café, onde as casas ficam fechadas ou com poucos moradores no local. Atenção deve ser redobrada neste período.

Fonte Sigilosa: Resguardada pela Constituição Federal.
Dita o artigo 5º, XIV, da Constituição Federal:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular