Corpo de guanduense morto em Vitória por coronavírus é sepultado em Baixo Guandu

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Um guanduense de 66 anos que há meses morava no Lar de Longa Permanência para o Idoso, localizado na capital, faleceu ontem à noite em um hospital de Vitória e o corpo foi trazido e sepultado na madrugada de hoje (14/04) no cemitério da sede de Baixo Guandu.

A informação foi confirmada hoje cedo pela secretária municipal de Saúde, Terezinha Bolzani, que revelou também uma série de providências tomadas para que o sepultamento ocorresse dentro das normas exigidas pelas autoridades sanitárias.

O corpo chegou esta madrugada em Baixo Guandu e foi levado direto ao cemitério, em caixão lacrado. Não houve velório e o coveiro recebeu da Vigilância em Saúde todos os equipamentos de proteção exigidos em casos desta natureza.

Segundo a secretária Terezinha Bolzani, o idoso guanduense faleceu em Vitória em um hospital, depois de ter sido diagnosticado com coronavírus no Lar de Permanência onde morava. Este idoso, cuja família mora no bairro Sapucaia, apresentava problemas anteriores de saúde e foi contaminado durante a permanência no Lar onde residia na capital.

A secretária Terezinha Bolzani disse agora pela manhã que a família do idoso residente em Baixo Guandu vai receber todo o suporte referente aos procedimentos contidos no Protocolo Estadual, referente a este caso específico, uma vez que alguém da família pode ter mantido contato com a vítima durante a enfermidade.

“Não se trata de caso de contágio em Baixo Guandu, mas a família vai ser orientada pela Vigilância em Saúde a permanecer em quarentena”, explicou a secretária Terezinha Bolzani.

Baixo Guandu permanece sem registro de casos confirmados de coronavírus. Seis casos suspeitos já foram descartados e um último deve ter o resultado divulgado ainda hoje no final da tarde.

A secretária municipal de Saúde mais uma vez alertou aos guanduenses sobre a necessidade do isolamento social neste período de pandemia de coronavírus.

“Nosso apelo é para as pessoas permanecerem em casa e, se precisarem sair, evitem qualquer tipo de aglomeração. Queremos evitar a chegada do coronavirus em Baixo Guandu, mas para isso todos precisam colaborar”, enfatizou a secretária Terezinha Bolzani.

ES-FALA/Informação Portal Guandu

Mais Notícias

Deixe um comentário