Morre Leda Coutinho Dias, fundadora da APAE Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Professora Leda como era chamada carinhosamente pelos seus alunos, faleceu aos 83 anos esta semana em Belo Horizonte, Minas Gerais. Leda Coutinho Dias morou durante muito tempo em Colatina, no bairro Vila Nova. Trabalhou na Escola Agrícola de Colatina como bibliotecária e deu aula em várias escolas do município. Seu principal feito foi à criação da APAE Colatina. 

A APAE de Colatina iniciou sua história em 1962, com a sua fundadora Professora Leda Coutinho Dias que começou um trabalho de atendimento na sua própria casa com 05 (cinco) alunos, sendo dois (02) alunos audimudos e três (03) com distúrbios de aprendizagem. Esses atendimentos permaneceram por alguns anos ampliando-se em salas anexas na Escola Aristides Freire e no Grupo Escolar Fazenda Vitalli.

Sabemos que no decorrer desses anos foi preciso muito trabalho, dedicação e amor para se registrar um contínuo progresso. Em 1969 teve início à construção de uma sede própria para a escola que na época já somava 30 (trinta) alunos. Em maio de 1971, Leda Coutinho Dias deu o nome à escola “Ângela de Brienza” em homenagem a uma professora Argentina a qual tinha grande admiração.

Segundo o atual Diretor da APAE Colatina Eval Galazi, responsável pela construção da nova sede e modernização da APAE: “a professora Leda só pensava em fazer o bem, foi em sua casa que ela iniciou os trabalhos com as crianças especiais e fez isso por anos. Merece toda a homenagem possível pelo seu feito”. Relata Eval.

A professora Leda foi casada com Hercílio Machado Dias, que também atuou por anos na área da educação. Trabalhou como Coordenador da Escola Rubens Rangel, no bairro Esplanada em Colatina.

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o senhor é justo, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem sua vinda”. Homenagem da APAE.

A professora leda faleceu aos 83 anos de idade, sua obra permanece até nos dias de hoje ajudando milhares de pessoas especiais há 58 anos. Hoje a APAE Colatina é considerada uma das melhores do Brasil.

Mais Notícias

Deixe um comentário