Morre um dos mais antigos moradores do centro de Colatina, um dos primeiros despachantes do noroeste do Estado

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Morreu nesta quinta-feira (18), um dos moradores mais antigos do centro de Colatina. O filho mais velho de Dona Mariquinha Guimarães, referência em solidariedade e amor ao próximo na cidade de Colatina, já falecida. Edylsom Guimarães faleceu aos 81 anos de idade após uma série de problemas de saúde nos últimos meses.

Guimarães foi um dos primeiros despachantes do município, era conhecido por gostar de cantar, em especial serestas, onde participou por várias vezes de encontro de seresteiros no município. Contava histórias da formação do centro da cidade de Colatina. E tinha conhecimento de causa, pois por décadas conviveu com a evolução do comércio colatinense e seus respectivos problemas.

Edylsom teve problemas cardíacos e fez uma cirurgia aproximadamente a 1 mês, estava fazendo diálise, por complicação teve que fazer outra cirurgia no coração, mas não aguentou e veio a falecer nesta quinta-feira.
Guimarães gostava de sua vida, estava sempre próximo aos filhos. “Papai era muito carinhoso com seus filhos. Uma pessoa que gostava da vida e tinha como hábito, sempre estar próximo ao filhos”. Afirma seu filho Juliano Guimarães.

O Vereador Jorge Guimarães, irmão de Edylson, manifestou a dor por perder seu irmão mais velho, revelando profunda tristeza através das redes sociais.

Outra vereadora que se manifestou foi a Audreya: ” Comunicamos com pesar o falecimento de nosso querido amigo ” Edilson Guimarães”.. pessoa muito querida, seresteiro que sempre marcava presença nos eventos do nosso bairro. Meus sentimentos aos familiares.. segue fotos dele no nosso Encontro dos Crias de 2019.

Guimarães teve cinco filhos, duas mulheres Fernanda e Viviane e três filhos homens Dario, Handersom e Juliano. Segundo um amigo próximo que estava emocionado com o falecimento: “vou sentir falta das conversas, quantas vezes falávamos da vida do centro da cidade de Colatina, e quantas ideais ele tinha”. Revela o amigo   

Mais Notícias

Deixe um comentário