Campanha “Setembro Amarelo” alerta sobre o problema do suicídio. Saiba onde encontrar ajuda em Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

A Administração Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde está apoiando a campanha “SETEMBRO AMARELO”, e está comunicando para a população colatinense, em caso de necessidade, procurar Unidade Básica de Saúde (UBS), os CAPS’s ou ligar para o Centro de Valorização da Vida (CVV – 188).  

ORIGEM

A origem do Setembro Amarelo e todo esse movimento de conscientização contra suicídio começou com a história de Mike Emme, nos Estados Unidos. O jovem era conhecido por sua personalidade carinhosa e habilidade mecânica, tendo como sua marca um Mustang 68 que ele mesmo restaurou e pintou de amarelo.  Porém, em 1994, Mike cometeu suicídio, com apenas 17 anos. Infelizmente nem a família, nem os amigos de Mike, perceberam os sinais de que ele pretendia atentar contra sua própria vida.

No funeral, os amigos montaram uma cesta de cartões e fitas amarelas com a mensagem: “Se precisar, peça ajuda”. A ação ganhou grandes proporções e expandiu-se pelo país. Diversos jovens passaram a utilizar cartões amarelos para pedir ajuda a pessoas próximas.

A fita amarela foi escolhida como símbolo do programa que incentiva aqueles que têm pensamentos suicidas a buscar ajuda. Em 2003, a Organização Mundial da Saúde(OMS) instituiu o dia 10 de setembro para ser o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio.

O amarelo do Mustang de Mike é a cor escolhida para representar essa campanha.  Aproveitando a data mundial, a campanha Setembro Amarelo foi criada no Brasil em 2015. O projeto é um trabalho conjunto do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

BRASIL

No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado muito entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros tiram a própria vida por dia em média, causando mais mortes que a AIDS e a maioria dos tipos de câncer. De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2014, o Brasil está em oitavo dentre os países com maior número de suicídios, atrás de Índia, China, Estados Unidos, Rússia, Japão, Coreia do Sul e Paquistão.

SUICÍDIO PODE SER PREVENIDO

Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, 90% dos casos de suicídio podem ser prevenidos, desde que existam condições mínimas para oferta de ajuda voluntária ou profissional.

No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV) – rede voluntária de prevenção – atua nesse sentido há mais de 50 anos. Recentemente, foi iniciado um movimento de políticas públicas para traçar planos integrados de prevenção.

ONDE ENCONTRAR AJUDA EM COLATINA

Centro de Atenção Psicossocial – CAPS II: 3721-5994/99957-8114

Endereço: Rua Pedro Epichim, 178, Colatina Velha.

Centro de Atenção Psicossocial – CAPS ad: 3177-7245/99729-8913

Endereço: Rua Vicente Guerra, 75, Carlos Germano Naumann.

Mais Notícias

Deixe um comentário