Variante inglesa detectada em Colatina faz Balestrassi cogitar lockdown regional

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A nova variante Inglesa está causando um efeito cascata de fechamentos de vários setores nas cidades onde está sendo detectada. Barra de São Francisco foi a primeira cidade do Noroeste do Estado em tomar atitudes mais rígidas para evitar a disseminação da doença. Logo após, Água Doce do Norte e São Gabriel da Palha. 

A variante Inglesa foi detectada em Colatina nesta quarta-feira (24). A Prefeitura de Colatina através de um post às 23h, comunicou pelas redes sociais e grupos de whatsapp que a variante inglesa havia sido detectada no município, aumentando muito a preocupação da administração com as consequências deste agravamento da doença, pois a variante é mais letal e tem um poder de contágio maior.

Com a certeza da variante em Colatina, obrigou a gestão discutir quais as consequências para o município de Colatina. Durante a parte da manhã o prefeito de Colatina Guerino Balestrassi esteve em reunião com o Governador Renato Casagrande, com o Secretário de Saúde Estadual, e com vários prefeitos da região para discutir o assunto e obter mais informações. 

Hoje à tarde Balestrassi terá reunião às 16h com todos os secretários da administração e logo após com os vereadores de Colatina.

O prefeito de Colatina defende a tese de que se houver lockdown, o mesmo deverá ser regionalizado, e não somente a cidade de Colatina, pois a ação poderia não ter a eficácia esperada na redução do avanço da doença em Colatina.
Esta tese de se estabelecer lockdown regionalizado está ganhando força, pois não afetaria o estado como um todo e mantém a vida econômica da região no momento que a mesma não esteja em lockdown. 

A decisão somente será tomada após diálogo entre Guerino e prefeitos da região, com setores do comércio colatinense, representantes da sociedade e como é de sua característica Balestrassi vai se basear em pesquisas e estatísticas.

As conversas, segundo fontes, estão intensas e um plano de ação está sendo montado caso a opção seja por lockdown regional.        

8 respostas

  1. Essa atitude já deveria ter sido tomada a um ano atrás, para evitar a propagação… Teria sido bem mais fácil, mas para isso deveria ter sido uma conscientização mundial.
    Hoje, com o vírus espalhado pelo mundo, Lockdown será uma medida de segurança, mas para isso tem q ser total… Supermercado talvez com entrega, farmácia apenas algumas em plantão, policiamento nas ruas para não ter cidadãos andando a toa, pq isso acontecerá até com essa medida, se for tomada. Parar tudo 3 semanas.
    Resultado: quem estiver infectado já vai ter descoberto, estará em quarentena… Quem tiver que pegar dentro de casa, já vai ter pegado e já vai estar diagnóstico, exceto casos sem sintomas, mas já diminuiria muito a propagação do vírus…
    Se for assim, estou de acordo, mas se for pra alguns setores continuar funcionando, tipo supermercado, não vai adiantar nada… Supermercados sempre estiveram aglomerados durante todo o tempo de afastamento ou não.

    1. Concordo plenamente com você, o super mercado faz a entrega em casa, não precisa ninguém ir ao supermercado, farmácia também faz entrega é só você ligar e pediir o medicamento e eles mandam entregar em sua residência, e ninguém vai ficar sem comer e nem sem remédio.

    2. Será mesmo q o lockdown HORIZONTAL é mais eficaz do que o vertical? (vertical só faixa etária idosas e conformidades)
      Horizontal: Todos devem permanecer em casa. A medida restringe ao máximo o contato entre as pessoas, evitando uma grande propagação da doença. Apesar de causar impactos graves na economia, é essencial para evitar um aumento desenfreado da doença e o colapso no sistema de saúde, o que também causaria danos à economia.

  2. eu concordo com um lookdaw de verdade até com toque de recolher, ninguém precisa ir ao supermercado todo dia uma compra básica da pra passar o mês, fechar para quando abrir ter gente vivas para fazer Colatina crescer,quem administra é o prefeito ele é que sabe o que é bom pra nossa cidade, nós vamos cobrar dele se essa pandemia não tiver um gestor de punho forte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular