Canoa que fazia travessia do Rio Doce em 1928 está sendo restaurada, em Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Bastante conhecida dos colatinenses, principalmente dos fiéis leitores da Biblioteca Municipal de Colatina, a canoa que você vê na imagem dividia espaço com as centenas de livros e estantes do espaço, mas poucos conhecem sua origem.

Agora, está sendo restaurada por iniciativa da equipe da Secretaria de Cultura, mantendo as características originais, e vai receber placa de identificação para perpetuar sua história.

Com 12 metros de comprimento e pesando 800 quilos, a canoa feita em 1913 a partir da madeira de vinhático operou por uma década e meia transportando passageiros na travessia do Rio Doce. Com a construção da ponte Florentino Ávidos, a navegação foi interrompida em 1928.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular