Colatina receberá doses da Pfizer. Veja a lista completa dos municípios contemplados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Secretaria de Estado da Saúde definiu que as doses da vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech serão distribuídas para Colatina e mais 13 ‘cidades pólos’ do Espírito Santo. Anteriormente, apenas Vitória recebia doses do imunizante, que exigia armazenamento específico. 

Por enquanto, a vacina Pfizer/BioNTech será utilizada para imunizar gestantes e puérperas com ou sem comorbidades. A vacinação desse grupo com doses da AstraZeneca (Oxford/Fiocruz), segue suspensa no Espírito Santo.

Na Região Metropolitana, além da Capital, os municípios de Cariacica, Serra, Viana, Vila Velha e Guarapari, também passarão a receber a vacina da Pfizer. 

Na Região Norte, as cidades escolhidas são Colatina, Aracruz, Linhares e São Mateus. 

Já na Região Serrana, apenas Santa Teresa receberá doses do imunizante. 

No Caparaó, a cidade de Guaçuí também contará com a Pfizer. 

No Sul do Estado, os municípios de Cachoeiro de Itapemirim e Venda Nova do Imigrante foram selecionados. 

De acordo com a Sesa, a gestão municipal será responsável por articular e organizar a vacinação com as ‘cidades polos’, mas orientou que sejam adotadas estratégias mistas, com a participação de equipes volantes nos municípios dos demais territórios ou levando as gestantes e puérperas aos pontos de vacinação das cidades definidas.

De acordo com orientações do Programa Nacional de Imunizações, as doses da Pfizer devem ser armazenadas por, no máximo, cinco dias à temperatura de +2°C a +8°C; ou até 14 dias à temperatura de -25°C à -15°C; ou durante toda a validade, que é de seis meses, em freezer de ultrabaixa temperatura à -80°C à-60°C.

Vacinação de gestantes e puérperas

O Espírito Santo continuará a suspensão de vacinação às gestantes e puérperas com doses da Covishield (Oxford/Fiocruz), também conhecida como AstraZeneca. Grávidas e puérperas com ou sem comorbidades passarão a receber doses da vacina Pfizer/BioNTech. 

A Secretaria da Saúde ainda aguarda orientações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e informações oficiais do Ministério da Saúde para definir como será a aplicação da segunda dose das gestantes que já receberam a vacina AstraZeneca/Fiocruz. 

Confira as cidades polos:

Aracruz

Cachoeiro De Itapemirim

Cariacica

Colatina

Guaçuí

Guarapari

Linhares

Santa Teresa

São Mateus

Serra

Venda Nova do Imigrante

Viana

Vila Velha

Vitória 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular