Pecuaristas de Colatina e região, terão até o dia 15 de junho para imunizar bois e búfalos contra a febre aftosa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), em consenso com os representantes dos produtores rurais, solicitou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a ampliação do prazo para vacinação do rebanho contra febre aftosa, que terminaria na próxima segunda-feira (31). Os pecuaristas de Colatina e região, têm agora até o dia 15 de junho para realizar a imunização de bois e búfalos com até dois anos de idade.

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, o objetivo foi evitar aglomerações, por ocasião da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), nas revendas de vacina e nos escritórios do Idaf, além do pedido da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faes). 

Comprovação

O prazo para comprovação da vacinação, procedimento que também é obrigatório, foi ampliado para o dia 15 de junho pelo site do Idaf ou até o dia 25 de junho por e-mail ou nos escritórios.

As vacinas podem ser adquiridas, apenas durante o período da campanha, em lojas agropecuárias cadastradas no Idaf.

Confira os novos prazos:

Vacinação: 15 de junho

Comprovação da vacina e atualização de rebanho pela internet: 15 de junho

Comprovação da vacina e atualização de rebanho por e-mail ou nos escritórios do Idaf: 25 de junho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular