Colatina, Baixo Guandu, Marilândia e Linhares recebem R$ 126 milhões para tratamento de esgoto e resíduos sólidos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no bairro Barbados, em Colatina, teve suas obras concluídas. O projeto de saneamento, que beneficiará mais de 125 mil habitantes, teve parte de seus recursos, R$ 2,26 milhões, custeados pelo Fundo Renova Saneamento. 

O projeto foi contemplado pelo Fundo, por meio do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes). O repasse, feito em 11 parcelas, visa a garantir a efetiva aplicação dos recursos nas obras de esgotamento sanitário.

Na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), as águas residuais que retornam de casas, empresas e indústrias do município passarão por processos de tratamento antes de retornar ao meio ambiente. A expectativa com o serviço em funcionamento é proporcionar um impacto ambiental positivo para a bacia, com redução da carga poluidora, fundamental para a revitalização do rio Doce.

Medidas compensatórias do Rio Doce

O valor e as obras fazem parte das medidas compensatórias que a Fundação Renova, responsável pela recuperação dos impactos do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em Minas Gerais, se comprometeu a conduzir. 

O Bandes é o agente financeiro contratado pela Fundação para acompanhamento das atividades e aplicação dos recursos relacionados aos projetos e obras de esgotamento sanitário e destinação dos resíduos sólidos que são realizados em conjunto. A atuação abrange os quatro municípios do lado capixaba da bacia: Colatina, Linhares, Marilândia e Baixo Guandu

Os recursos totalizam aproximadamente R$ 126 milhões para projetos e obras de saneamento de esgoto e destinação adequada de resíduos sólidos, que englobam recursos destinados ao Consórcio Público para o Tratamento e Destinação Final Adequada de Resíduos Sólidos da Região Doce Oeste do Estado do Espírito Santo (Condoeste) pela Fundação Renova, por meio do Bandes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular