Pergunta do leitor: perdi o cartão da vacina, ou seja, o comprovante de imunização da primeira dose contra a Covid-19. O que devo fazer?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Perder o comprovante de vacinação contra a Covid-19 pode ser uma dor de cabeça momentânea, mas é um problema que tem solução. O recado é para os moradores de Colatina e região que não sabem qual a data de retorno para tomar a segunda dose do imunizante. 

A leitora do Portal de Notícias ES FALA, Raquel Félix, pergunta o que fazer? É só acessar o aplicativo Conecte SUS. A plataforma foi desenvolvida pelo Ministério da Saúde para facilitar o acesso dos brasileiros a serviços e consultas referentes à saúde pública do país. 

Através do aplicativo, entre as funcionalidades, o cidadão tem acesso à Carteira Nacional Digital de Vacinação, onde estão disponíveis todas as vacinas aplicadas nas redes pública e privada, como a da covid-19. 

O Conecte SUS pode ser acessado diretamente na internet, por meio do site conectesus-paciente.saude.gov.br ou baixando o aplicativo para aparelhos smartphones com sistemas iOS e Android. Para o primeiro acesso, será necessário fazer um cadastro e, nos demais, basta inserir o CPF e uma senha. 

Em Colatina, a orientação para quem perdeu o comprovante de vacinação contra a covid é comparecer na sala 206 da Policlínica, portanto documento com foto e CPF. De maneira bem rápida, é entregue ao cidadão um novo cartão de vacina. A informação é do setor de imunização da Prefeitura. 

SAIBA COMO CUIDAR DO SEU CARTÃO

Se rasgar ou molhar, o que fazer?

Neste caso, ainda é possível acessar o histórico de vacinação contra a covid-19 por meio do aplicativo Conecte SUS, que também pode ser acessado pelo navegador do computador. Lá, o registro das vacinas ficam disponíveis em até 10 dias após a entrada no sistema. No momento, o aplicativo registra apenas a imunização contra a covid, mas o sistema informa que o histórico das demais vacinas aplicadas pelo SUS será disponibilizado de forma gradativa.

Pode plastificar o cartão depois da segunda dose?
A recomendação do Ministério da Saúde é a de que o cartão não seja plastificado de forma permanente, pois é possível que seja necessário registrar outras informações importantes sobre a vacinação.

A carteira serve de “passaporte da vacina” para viajar?
Caso seja necessário apresentar o comprovante de vacinação para fazer viagem, o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 pode ser emitido pelo Conecte SUS. O certificado também pode ser validado no site específico para isso. Segundo o Ministério da Saúde, o documento tem validade de um ano e, se um novo certificado for emitido, o anterior não poderá mais ser utilizado. O cartão na versão impressa também serve como comprovante de vacinação.

Qual a maneira ideal de guardar o cartão?
Como o cartão não pode ser plastificado, utilizar um porta documento pode ser uma alternativa para conservar o cartão e protegê-lo contra eventuais danos.

Se perder, o que fazer para recuperar o registro?
Neste caso, o registro da vacina continua disponível no aplicativo Conecte SUS, por onde é possível acessar a data e o número de doses aplicadas.

Foto ilustrativa crédito Portal da Câmara dos Deputados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular