Gás de cozinha pode ser encontrado de R$ 90 a R$ 100 em Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O preço do gás de cozinha tem sido uma preocupação para as famílias brasileiras. O preço do combustível já teve vários reajustes neste ano. Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), na semana passada o preço do gás de cozinha aumentou 1,5%. Só em outubro, alta de 3,5%. No acumulado do ano, o preço do gás de cozinha aumentou 36,4%.

Com os aumentos, em Colatina, o preço do botijão pode chegar a R$ 100, como constatou o Portal de Notícias ES Fala em uma pesquisa junto a algumas revendedoras na cidade. Com esses constantes aumentos, o uso do fogão a lenha e cozinhar mais quantidade de uma só vez têm sido as saídas para economizar no gasto mensal do combustível. 

No bairro São Silvano, uma distribuidora está vendendo o botijão a R$ 100, em caso de entregas. Para quem retirar o produto na empresa, o valor cai para R$ 90. No preço do botijão pago pelos consumidores nos pontos de revenda, também estão incluídos os custos e as margens de comercialização das distribuidoras e dos pontos de revenda. 

Embora o Brasil seja o grande produtor do petróleo e do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), os preços são definidos pelo dólar, que segue uma tendência de alta. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular