Fundação Renova vai revitalizar biblioteca pública de Colatina, Marilândia, Baixo Guandu e de mais 34 cidades

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Mais uma etapa do Projeto de Incentivo à Leitura, da Fundação Renova foi concluída neste mês de novembro, com a entrega dos planos de revitalização de bibliotecas públicas de 37 prefeituras da bacia do rio Doce que aderiram à iniciativa. Os planos foram elaborados por servidores que atuam na biblioteca pública de cada município, ao longo do Percurso Participativo, que se iniciou em agosto.

O documento contém os itens escolhidos pelos servidores participantes a partir do Cardápio de Opções disponibilizado pela Fundação Renova, com as seguintes categorias: acervo (aquisição de livros); mobiliário e equipamento (mesas de leitura, estantes, computadores); capacitação (treinamento dos servidores das bibliotecas); e infraestrutura e acessibilidade (melhorias na infraestrutura, incluindo acessos para todos os públicos, pequenos reparos elétricos ou hidráulicos e instalação de equipamentos como ar-condicionado).

Minas Gerais e Espírito Santo

Cada biblioteca pública participante do Projeto de Incentivo à Leitura terá até R$ 200 mil para a aquisição dos itens disponíveis no cardápio. A próxima etapa será o período em que a Fundação Renova irá adquirir os itens escolhidos. A previsão de entrega dos itens às bibliotecas é a partir do segundo semestre de 2022.

Ao todo, 37 prefeituras da área de atuação da Fundação Renova aderiram ao projeto: são 33 localidades em Minas Gerais (Barra Longa, Aimorés, Alpercata, Belo Oriente, Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Conselheiro Pena, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galiléia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Itueta, Mariana, Marliéria, Naque, Periquito, Pingo-dágua, Raul Soares, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, Sem Peixe, Sobrália, Timóteo e Tumiritinga) e quatro no Espírito Santo (Baixo Guandu, Colatina Linhares e Marilândia).

Projeto

O Projeto de Incentivo à Leitura, do Programa de Apoio ao Turismo, Cultura, Esporte e Lazer da Fundação Renova tem por objetivo estruturar e implementar ações de modernização das bibliotecas públicas dos municípios atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, por meio da capacitação dos profissionais que atuam nesses espaços, da elaboração participativa de planos de revitalização e do fomento a ações de incentivo à leitura.

Por meio da revitalização das bibliotecas públicas municipais, o projeto busca contribuir com o crescimento pessoal e fortalecimento coletivo das comunidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular