Colatina pode passar por uma epidemia de dengue como aconteceu em 2016.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Existe a preocupação de que Colatina possa passar por uma epidemia de dengue como aconteceu em 2016. Cálculos feitos pela Secretaria de Saúde em relação às últimas quatro semanas dão conta de que a taxa  de incidência da doença chegou a 539,6 a cada 100 mil habitantes no município.

Segundo as informações, somente em 2019, Colatina já registrou 1046 notificações da doença, das quais 10% foram confirmados, totalizando 106 casos. Em 2018  foram registradas 328 notificações e 163 casos confirmados. Até agora  não houve nenhuma morte.

De acordo com a Superintendência de Vigilância de Colatina embora preocupante,essa situação era esperada já que a doença é cíclica. É comum ter esse crescimento em um ano, ficar sem durante dois anos e depois voltar a crescer.

A  Prefeitura de Colatina tenta contornar o  aumento da taxa de incidência da dengue com a realização de mutirões para orientar a população e recolher possíveis focos  de proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença. 20 bairros serão contemplados e as ações que já começaram vão até 9 de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular