Prefeitura derruba banheiro de Camelódromo na calada da noite e camelôs ficam indignados em Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Uma máquina Ponkan da Prefeitura de Colatina derrubou nesta terça-feira (06), por volta das 23 horas 30 minutos, o banheiro do Camelódromo, localizado no centro da cidade,ao lado da Praça Municipal. 

O vigia disse que foi pego de surpresa, mas nada pode fazer, pois foi mostrado por parte de funcionários municipais uma ordem dada pela Prefeitura para derrubar o banheiro. O sanitário havia sido construído pelos próprios camelôs.

De acordo com o Vice-Presidente da Associação do Camelódromo de Colatina, Renildo Santos Almeida, há três meses houve uma reunião da Associação com a administração municipal quando foi discutida a construção de um novo banheiro; que o envio do projeto por parte da Prefeitura aconteceu, mas que não houve a informação do local onde seria construído um novo banheiro. Segundo Renildo não foi discutida na reunião a demolição do banheiro. Por isso a surpresa do vigia quando viu a chegada do maquinário para a demolição e dos proprietários das lojas ao chegarem para trabalhar nesta quarta-feira (7).

Segundo os camelôs o banheiro foi derrubado de uma forma que não foi sequer possível retirar alguns utensílios, como armário, material de limpeza etc.. Os membros do Camelódromo informaram que  fizeram um empréstimo no  Banco do Nordeste para construir o banheiro e dispensa juntos. 
Os proprietários de lojas, funcionários e frequentadores do Camelódromo não terão mais o local para fazerem suas necessidades fisiológicas.

O Secretário de Comunicação da Prefeitura de Colatina José Paulo da Costa, informou que a administração do camelódromo participou de reuniões com a administração municipal que visam repaginar o local; que foi feito um projeto com novo local a  ser construído pelos usuários do espaço.

7 respostas

  1. Pois é disponibilizar dinheiro público para a construção de um novo banheiro ele não pode, mas derrubar um que já estava pronto e que foi construído com dinheiro privado da própria associação em questão tá dentro da lei?! É o prejuízo fica como??

  2. Não entendo o que o senhor Sergio está querendo, pensando. Age como se os moradores, trabalhadores do Colatina fossem um lixo.

  3. Não ganha eleição nem pra gari mais, tá usando o título de prefeito pra perseguir a população mais humilde,me arrependo de votar nesse cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular