9,3% dos registros de violência contra a mulher no ES aconteceram em Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Casos de violência contra a mulher disparam em Colatina

Fora da Grande Vitória, o município de Colatina, foi o que registrou o maior número de boletins de ocorrência  tendo mulheres como vítimas no primeiro semestre de 2019. De janeiro a julho deste ano, a Delegacia  Especializada  de Atendimento à Mulher (Deam) da cidade contabilizou 729 casos . No mesmo período, a Justiça concedeu 207 Medidas Protetivas de Urgência e 61 pessoas  foram presas em flagrante.

Em julho último, uma briga de casal quase terminou em tragédia. Após  uma discussão,o homem agrediu a mulher e ainda ateou fogo na casa onde eles moram, no bairro Colúmbia.

Dados da Secretaria  de Estado  da Segurança Pública (Sesp) apontam  que no primeiro  semestre de 2019 foram registrados  7.738 boletins de ocorrência  de violência contra  a mulher no Estado. Ao todo foram concedidas 4.490 medidas protetivas e 715 pessoas  foram presas em flagrante.

As informações foram extraídas  a partir de crimes registrados  nas Delegacias Especializadas  de Atendimento à Mulher da Grande Vitória, Plantão Especializado da Mulher e em outras sete cidades: Nova Venécia, Venda Nova, Linhares, São Mateus, Colatina, Cachoeiro de Itapemirim, Aracruz e Itapemirim.

Deixe um comentário