Produtor rural de São Roque do Canaã é detido por crime ambiental.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Polícia Militar Ambiental encontrou 12 poços tubulares na  propriedade do acusado. Alguns estavam em área de preservação ambiental.

O produtor rural que não teve o nome divulgado revelou que não tinha nenhuma documentação referente aos poços e se recusou a assinar o termo de conhecimento e ilicitude. Ele foi encaminhado para à Delegacia.

A região do rio Santa Maria enfrenta problemas por causa da falta de água. Os produtores rurais que usam a água do rio só podem irrigar as lavouras 2 vezes por semana. Na cidade os moradores passam por racionamento há quase 3 meses.

O abastecimento que anteriormente era feito dia sim dia não, aumentou, e agora a população recebe água num dia e ficam 2 dias sem abastecimento.

O rio Santa Joana também tem pouca água. O cenário é critico e passou para a bandeira amarela.

Funciona desse jeito: os produtores de Afonso Cláudio e Itarana só podem irrigar segunda-feira , quarta-feira e sexta-feira.Os de Itaguaçu e Colatina só na terça-feira, quinta-feira e no sábado, das 6 da tarde às 6 da manhã. No domingo a captação é proibida por todo mundo.

A Agência de Recursos Hídricos (Agerth) garantiu que faz fiscalização e que as irregularidades serão enviadas para o Ministério Público.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil não informou se o produtor rural de São Roque do Canaã ficou preso ou se vai responder em liberdade.

Foto ilustrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular