Casagrande relata dificuldade para comprar respiradores e garante que ES terá mais de 300 leitos de UTI até o fim do mês

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, fez um novo pronunciamento na noite desta quinta-feira (23), para falar sobre a situação do novo coronavírus nos municípios capixabas. 

Em relação aos leitos de UTI, Casagrande afirmou que o Estado possui hoje 177 leitos e que, neste momento, a demanda de pacientes está sendo atendida. 

“Hoje nós temos 177 leitos. Estamos conseguindo atender as pessoas que demandam UTI e também quando precisam de leito de enfermaria nós também temos para atender. A gente tá vendo a realidade de alguns estados, nós, por enquanto, estamos conseguindo fazer esse atendimento. Mas para que a gente possa continuar a fazer esse atendimento, dar assistência às pessoas, é importante que a gente mantenha esse compromisso com o distanciamento e isolamento”, afirmou.

O governador falou também sobre a dificuldade na compra de respiradores e garantiu que até o final do mês o Espírito Santo terá mais de 300 leitos para tratamento da covid-19. 

“Estamos também providenciando outros leitos. Tentamos, nesses últimos dias,  uma aquisição de respiradores. Conseguimos comprar poucos, estamos continuando no trabalho da busca. Os respiradores aumentaram muito de preço, custam 3, 4 vezes mais do que o valor. Mas estamos buscamos, mesmo que a gente tenha que pagar um pouco mais caro. Enquanto eles não chegam, não podemos deixar de ampliar o número de leitos, então estamos credenciando mais leitos de UTIs nos hospitais filantrópicos do Estado. Nós vamos chegar, no final da semana que vem, com mais de 300 leitos”.

ES-FALA/Informação Folha Vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular