Deputado Federal Dá Vitória destina emendas parlamentares que totalizam R$ 500 mil para Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O Deputado Federal Dá Vitória trouxe mais recursos para a cidade de Colatina. Segundo a sua assessoria de imprensa, Já está na conta do município a emenda parlamentar dr R$ 150 mil que destinamos para o Hospital São José e R$ 200 mil para a Santa Casa de Misericórdia. Além disso, outros R$ 150 mil foram destinamos para a Prefeitura, totalizando R$ 500 mil. Além dos recursos encaminhados para a área da saúde.

Em Colatina outra ação importante que Dá Vitória participa é a do asfaltamento da estrada que liga o bairro Honório Fraga e BR 259. Está obra tem a verba destinada pelo Governo do Estado e é executada em parceria com a Prefeitura Municipal de Colatina e contou com a articulação política do deputado junto ao governo do Estado para ser realizada. 

O trecho  liga o Frigorifico Frisa à BR 259, de aproximadamente um quilômetro, está com as obras adiantadas. Com a etapa de drenagem já concluída, está sendo realizada a obra do meio fio para, então, já dar início à pavimentação da via.O asfaltamento vai facilitar tanto a logística de empresas da região como o cotidiano da população, que terão a opção do trajeto direto para a BR 259 para acessar as cidades de Aimorés e Baixo Guandu, por exemplo. Dessa forma, reduzindo o fluxo de caminhões e carros de passeio que tinham apenas a opção de transitar dentro do bairro Honório Fraga. 

Outra ação está semana que ganhou destaque foi a votação pela aprovação do projeto de lei que suspende os pagamentos ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) por 60 dias, enquanto durar o estado de calamidade pública em razão da pandemia do novo coronavírus.

A proposta segue para o Senado Federal. O texto-base do projeto de lei (PL1079/20) foi aprovado na semana passada. Nesta terça-feira (28), o plenário concluiu a apreciação dos destaques apresentados à matéria, que incluiu a previsão de abatimento no pagamento mensal das parcelas do Fies para os profissionais de saúde atuantes no enfrentamento do coronavírus.

Para Da Vitória, o projeto poderá minimizar os problemas enfrentados pelos estudantes que têm dificuldade de honrar os compromissos com o financiamento do Fies.

“Estamos falando de estudantes de baixa renda, cujas famílias não têm como sustentar seus estudos.A suspensão do pagamento dos financiamentos por 60 dias garante um alívio neste momento. Muitos estão com dificuldade de pagar as mensalidades durante este período de calamidade pública por causa da pandemia de Covid-19”, afirmou.

A estimativa é que a medida beneficie mais de 70 mil estudantes dos cursos de graduação que estão inadimplentes com o programa.

De acordo com o projeto, só terão direito à suspensão dos pagamentos os estudantes que estão em dia com as prestações do financiamento e os com parcelas em atraso por, no máximo, 180 dias.

Mais Notícias

Deixe um comentário