Prefeitura de Baixo Guandu vai acionar judicialmente quem espalha Fake News

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Uma fonte do departamento Jurídico da Prefeitura de Baixo Guandu confirmou hoje (06/05) que vai acionar na Justiça algumas pessoas que insistem em espalhar, nas redes sociais, notícias falsas envolvendo a pandemia de COVID-19.

A interpelação judicial pretende coibir este tipo de abuso, já que informações inverídicas causam medo e muitas vezes até pânico na comunidade guanduense, confundindo as pessoas neste momento grave da crise sanitária.

A Prefeitura vai apresentar na Justiça vários “prints” de comentários e postagens feitas nas redes sociais, identificando os responsáveis pelo espalhamento de informações que confundem a comunidade.

As chamadas “fake news” ignoram as informações oficiais das autoridades locais de saúde e buscam espalhar o medo entre as pessoas. Afirmam, por exemplo, que o número de casos confirmados de COVID-19 em Baixo Guandu é muito maior do que as fontes oficiais divulgam, que já há casos de pessoas mortas pela doença e que as máscaras que estão sendo distribuídas pela Secretaria Municipal de Saúde estão contaminadas. “Tudo isso gera medo e pânico nos moradores, num momento grave, de pandemia, em que a população precisa de tranquilidade e ser informada corretamente sobre os acontecimentos”, explicou uma fonte do departamento Jurídico da Prefeitura.

Em tempo de calamidade pública, espalhar notícias falsas pode trazer sérias consequências aos responsáveis, com aplicação de penalidades previstas na lei.

ES-FALA/Informação Portal Guandu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular