SAAE instala lavatórios no centro de Baixo Guandu

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O SAAE de Baixo Guandu está colocando à disposição da população quatro lavatórios no Centro da cidade. Batizado de Operação de Desinfecção – Coronavírus, não é só uma Gripezinha, o primeiro deles foi instalado hoje (15/05), na avenida Carlos de Medeiros, em frente ao Camelódromo.

O segundo ficará próximo à Praça São Pedro, nas imediações da Lotérica Guandu e Restaurante Barbosa.

O terceiro, também na avenida Carlos de Medeiros, será instalado próximo à agência da Caixa Econômica Federal (CEF).

O quarto, provavelmente, ficará na calçada do antigo escritório do SAAE, junto ao ponto de ônibus, na avenida 10 de Abril. Até o final da próxima semana, todos deverão estar definitivamente instalados.

Desde que foi confirmada a pandemia do COVID-19, o SAAE de Baixo Guandu vem tomando medidas de prevenção para evitar o contágio pelo coronavírus, seja entre seu público interno, seja entre o externo. Disponibilizar esses recursos à população que precisa ir às ruas em tempos de pandemia era um desejo tanto do prefeito do município, Neto Barros, quanto do diretor do SAAE de Baixo Guandu, Luciano Magalhães.

“Assim como o SAAE e a Prefeitura tomaram a iniciativa de isentar da tarifa de água aquelas famílias com consumo abaixo de dez mil litros por mês, hoje colocamos em prática mais um projeto inserido nessa frente de combate ao coronavírus”, diz Luciano.

‘Adoção’

Tão logo começaram os preparativos da instalação do primeiro lavatório, na avenida Carlos de Medeiros, os comerciantes do Camelódromo tomaram a iniciativa de oferecer a reposição do sabonete líquido, fazendo assim uma espécie de ‘adoção’ do lavatório colocado naquela área. Uma colaboração que deverá se estender a todos os lavatórios, considerando a necessidade de as pessoas higienizarem as mãos com a maior frequência possível, principalmente em espaços públicos.

Baixo Guandu foi um dos municípios capixabas que mais demoraram a ter o primeiro caso de contaminação pelo COVID-19. No entanto, pelos números atualizados pela Secretária Municipal de Saúde, já são 30 os casos confirmados, com uma morte anotada.

Por isso, a recomendação das autoridades sanitárias é a de que os guanduenses só devem ir às ruas em casos de extrema necessidade, ainda assim tomando todas as precauções de proteção, como o uso da máscara facial, a distância mínima de um metro e meio de outra pessoa e a higienização das mãos e objetos.

ES-FALA/Informação P.M.B/Portal Guandu

Mais Notícias

Deixe um comentário