Idosa que morava em asilo é a décima terceira morte por Covid-19 em Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

A décima terceira morte por Covid-19 no município de Colatina é de uma senhora de 85 anos que estava acolhida na Casa do Vovô Simeão desde 2016. Na quarta-feira (10), ela foi examinada pelo médico que atende a casa de acolhida, mas não demonstrou nenhum sintoma de contaminação pelo novo coronavírus. 

A senhora de 85 anos, sofria de depressão e estava acamada a dois meses. Nos últimos dias estava se alimentando pouco e a direção do asilo achou melhor interná-la devido a fraqueza que sentia. Pessoas ligadas a casa de acolhida, não imaginavam que a morte teria sido devido a contaminação do vírus. “Nossa foi Covid? Essa doença é silenciosa, muitas vezes somente há falta de paladar como sintoma”. Revela uma fonte ligada ao Asilo.

O Portal de Notícias ES-FALA não irá divulgar o nome da décima terceira vítima por Covid-19, pois nenhuma publicação ocorreu nas redes sociais, nem mesmo do Asilo Vovô Simeão, e por não conseguir contato com os familiares.

A vítima é colatinense, era única viva de uma família de 13 irmãos. Era viúva e deixa cinco filhos e netos.

É importante ressaltar, que a direção e funcionários do asilo, estão cumprindo as orientações, para evitar o contágio, pois devido à idade avançada e as comorbidades, que muitos idosos possuem, o risco de agravamento é eminente.    

Mais Notícias

Deixe um comentário