Comerciantes organizam manifestação contra funcionamento alternado das lojas e Prefeito de Colatina critica a atitude

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Empresários e funcionários do comércio de Colatina fizeram uma manifestação na tarde desta segunda-feira (15) no centro da cidade. Eles foram para frente da Câmara de Vereadores do município pedir apoio para a abertura do comércio todos os dias, e não de forma alternada como ocorre hoje.

Colatina entrou para a classificação do Estado de risco alto de contaminação do novo Coronavírus. Por isso, há duas semanas o comércio colatinense segue as mesmas regras válidas para 36 cidades que também possuem risco alto da doença.

As lojas funcionam em dias alternados conforme o segmento e com horário reduzido, das 10h às 16 horas. Nos finais de semana apenas os serviços essenciais podem funcionar. Os comerciantes reclamam que essas medidas, não tem dado resultado no combate a Covid-19.

Um comerciante disse que quanto mais restringe o horário maior a aglomeração e maior o número de pessoas nas filas. Porque segundo ele, se a pessoa precisa resolver na rua duas situações, se todo o comércio estiver aberto todos os dias, ela vem na rua apenas uma vez e resolve os problemas. Como hoje funciona num dia determinado segmento, e no outro dia outro segmento, as pessoas tem que vir no centro, muito mais vezes.

De acordo com o Governo do Estado apesar do argumento dos comerciantes, a abertura do comércio em dias alternados é a opção possível neste momento diante do atual cenário da pandemia do novo coronavírus.

Já o Prefeito Sérgio Meneguelli em um áudio que enviou para uma interlocutora, disse que pessoas que estavam na manifestação, o chamaram de ditador, a resposta, foi bem no estilo Meneguelli, “eu prefiro ser chamado de ditador por um ignorante do que desrespeitar a lei perante as pessoas sérias”.  

O Prefeito disse que todos estão sentindo na carne uns com a doença e outros no bolso. “É impossível que eles não saibam que esse decreto é do Governo do Estado. Qualquer pessoa que tenha a mínima visão de direito sabe que eu estou falando a verdade”. Relata o prefeito. 

Mas segundo o Presidente do Sindilojistas, Jr. Menegatti, que esteve no ato não como entidade e sim como cidadão, disse ter uma visão diferente do Prefeito Meneguelli.  “O tom foi pacificador, sem falar mal de ninguém. Pedimos ajuda aos vereadores para intervir por nós junto ao Governo do Estado. Não ocorreu paralisação do trânsito e transcorreu, sem agressões. Foi o primeiro e quem sabe outros virão.   

Mais Notícias

Deixe um comentário