Sítio em Pancas é um dos pontos turísticos mais procurados do Estado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Localizado no interior da cidade de Pancas (Córrego Palmital), cidade a 58 km de Colatina, o Sítio Cantinho do Céu que faz parte dos pontões capixabas é um dos pontos turísticos mais procurados por viajantes de todo Brasil e turistas estrangeiros.

Segundo o proprietário e guia turístico Fábio Eggert (Fabinho) várias pessoas de todo Brasil e de outros países procuram a localidade para prática da caminhada ecológico na famosa Pedra do Camelo, alpinismo, escalada, voos livres de parapente e demais atividades esportivas ecológicas.

Com 720 metros de altura, a Pedra do Camelo é o principal cartão postal da cidade, e é um dos pontos turísticos mais procurados por aqueles que querem conhecer Pancas.

Para subir ao cume da famosa pedra não é necessário experiência, mas um pouco de paciência e fôlego ajuda. Com duração média de 4 horas, desde ascensão ao topo até o retorno, a trilha desafia até os acostumados com aventura.

Quem não tem experiência ou pretende desbravar a trilha sozinho, há guias que moram na cidade e que norteiam sobre os trechos e acessos da caminhada. O Sítio Cantinho do Céu é uma grande referência para os mochileiros de plantão. Ah, eles têm serviço de camping!

Outros pontos turísticos em Pancas:

1 – Conhecer o Monumento Natural dos Pontões Capixabas

Já na estrada a caminho de Pancas, consegue-se ver as esculturas rochosas que se encontram no Monumento Natural dos Pontões Capixabas. A área abrange diversos municípios do Estado – Pancas, Águia Branca, entre outros – e é um grande atrativo turístico.

Montanhas com mais de 700 metros de altura é a grande atração dos Pontões Capixabas. Além do espetáculo de natureza, algumas das formações rochosas possibilitam escaladas e subida por trilhas. Mas, o que de fato conquista o coração dos viajantes é a possibilidade da prática de vôo livre, em uma rampa no oeste no município.

2 – Praticar Voo Livre na Rampa da Colina

A Rampa da Colina, conhecida também como rampa Clementino Izoton, é o point para os praticantes de vôo livre de todo o país. Aos menos encorajados, o passeio também vale a pena, afinal é lá que se encontram os mirantes mais visitados da região.

Para chegar de carro até a rampa são apenas 18 km, além de uma trilha com aproximadamente 2 km, mas que é considerada perigosa para turistas de primeira viagem. Independente de como é a subida, a visão é de tirar o fôlego de qualquer um!

3 – Ir até a base da Pedra da Agulha

Quem vai conhecer Pancas não pode deixar de lado uma visita à Pedra da Agulha. Considerada uma das maiores montanhas do Brasil e uma das mais difíceis para escalada, a forma rochosa atrai aventureiros o ano todo.

A escalada é recomendada apenas para profissionais, mas para aqueles que ainda assim querem se aventurar, há uma trilha que vai até a base da pedra. Com duração média de uma hora e meia, você ainda aproveita e curte o visual da natureza!

Localizada perto do córrego São José Pequeno, a Pedra da Agulha fica apenas a 3 km do centro de Pancas.

ES-FALA/Informação Gazeta do Norte.

Deixe um comentário