Morador de São Silvano a mais de 30 anos é a quadragésima morte por Covid-19 em Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

A quadragésima morte por Covid- 19 em Colatina, ocorreu neste sábado (4), a vítima, um morador de São Silvano a mais de 30 anos. Sempre alegre, comunicativo e brincalhão, Euclides Luiz Pretti, era uma pessoa que valia a pena está próximo a ele. Como caminhoneiro, muito experiente, gostava de falar sobre seus trajetos e histórias que compôs os seus 72 anos.

Sem comorbidades, apenas um pré diabetes que estava sobre controle. Kid como era carinhosamente chamado, começou a sentir dores no corpo, cansaço e febre. Na segunda-feira, 22 de junho, foi internado no Hospital Sílvio Avidos, com três dias de internação passou pelo procedimento de intubação e um dia após (26/6) foi transferido para o Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra, onde permaneceu em tratamento até este sábado quando veio a falecer.   

Euclides nasceu na Reta Grande, Distrito Ângelo Frechiani, como caminhoneiro, reconhecido com um excelente profissional, viajou muito ao longo dos anos. “Gostava muito de conversar com ele, sempre achei ele muito forte. Pra mim foi um choque ao saber de seu falecimento”. Revela o morador de São Silvano, Braz Messias.

Euclides Luiz Pretti, era reconhecido pela sua educação, sempre cumprimentava as pessoas e tratava todos com muito respeito e isso fez a diferença em sua vida. A comunidade de São Silvano, amanhece neste domingo (5) , sem um dos seus moradores mais simpáticos que ao longo de sua vida, deixou aos dois filhos, duas netas, familiares e muitos amigos, o legado de honestidade e trabalho.

Mais Notícias

Deixe um comentário