Feira livre em Colatina poderá não retornar neste sábado (11). A decisão será tomada nas próximas horas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Segundo informações extraoficiais, a volta da feira-livre no local da antiga área de festas da Avenida Delta, poderá não ocorrer como estava previsto para o próximo sábado (11). A notícia espalhada como certa do retorno foi da feira livre, foi propagado por vários meios de comunicação do município e do estado, mas como o Portal de Notícias ES-FALA revelou na ocasião, a definição ainda não havia sido tomada pelo Prefeito de Colatina Sérgio Meneguelli.

O Secretário de Agricultura do Município de Colatina Junior Loss, revela que: “na semana passada tive uma reunião com o prefeito, e ficou definido que poderíamos estipular uma data para o retorno da feira, mas esta data, poderia ser modificada, pois o monitoramento da pandemia poderá nos proporcionar os subsídios necessários para tomarmos a decisão de manter ou alterar a data”. Relata o secretário.

Mesmo com o impasse, sem ter a definição, pois a mesma ainda ocorrerá em definitivo nos próximos dias, a administração municipal, fez todos os preparativos necessários para que se houver a confirmação em manter o reinício da feira-livre para o dia 11 de julho, tudo esteja pronto para os feirantes e a população colatinense voltarem a desfrutar do local.

E realmente as obras foram feitas, um dos maiores problemas existentes no local era uma área não calçada. Esse espaço levava transtorno para as pessoas que frequentavam a feira livre da Avenida Delta, devido a lama ou poeira dependendo do clima.

O local está totalmente calçado, com a nova área pavimentada, o equivalente a 3.300 metros quadrados, a área total passou a ter 12.200 metros quadrados. Desta forma, o local está apto para receber feirantes e consumidores com maior amplitude. A ampliação do local, permite a Secretaria de Agricultura a condição de remarcar a área de tal forma que fique dentro dos padrões exigidos pelo Decreto Estadual, que estabelece as normas para o funcionamento das feiras-livres no ES.

Mais Notícias

Deixe um comentário