Vandalismo: o que leva um cidadão a agir assim?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental (Sanear), instalou sete pias e dispenser com sabão líquido no centro de Colatina e São Silvano nos pontos de maior aglomeração e fluxo de pessoas. As instalações ocorreram entre maio e junho. 

Mas praticamente 45 dias após o início da utilização das pias, um ato de vandalismo chamou a atenção das pessoas conscientes e das autoridades públicas, pois um dos lavatórios, nas proximidades do Hospital Sílvio Avidos, amanheceu danificada.  

Segundo o Diretor Operacional do Sanear Geraldo Avancini o custo de cada pia foi R$ 1.500,00 completa. “A administração investiu dinheiro público para garantir a higienização das mãos de diversos colatinenses que frequentam pontos estratégicos na cidade e simplesmente esse patrimônio é depredado.” Afirma o setor de comunicação da PMC.

Os locais que possuem as pias para higienização são: Calçadão da Rua Geraldo Pereira, nas proximidades da Avenida Getúlio Vargas e o outro calçadão mais próximo da Avenida Beira Rio, ponto de ônibus da Catedral, ponto de ônibus em frente à Escola Aristides Freire, próximo ao Hospital Sílvio Avidos e nas proximidades da Caixa Econômica do Centro e de São Silvano.  

É importante lembrar que conforme legislação é crime sujeito à multa e detenção, a depredação do patrimônio público. As providências já estão sendo tomadas com formalização de Boletim Unificado por danos ao Patrimônio Público.

Neste momento as autoridades de segurança do município de Colatina estão buscando imagens do vândalo ou vândalos, que praticaram esse ato contra um bem público. No local tem câmeras de filmagens e caso seja identificado, o infrator será notificado à ressarcir ao erário o valor necessário aos reparos.

Mais Notícias

Deixe um comentário