Governador Casagrande anuncia prorrogação da suspensão das aulas presenciais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta sexta-feira (24), a prorrogação da suspensão das aulas presenciais em todas as escolas, universidades e faculdades, inclusive cursos livres, das redes de ensino públicas e privada, no âmbito do Espírito Santo, até o dia 31 de agosto. A medida integra as medidas de prevenção à disseminação do novo Coronavírus (Covid-19). Na Rede Estadual, estão sendo desenvolvidas Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs).

“As escolas e demais instituições de ensino são locais de grande interação. Por isso, não temos segurança de retornar agora no mês de agosto. Não podemos pôr em risco a vida das pessoas. Muitas crianças retornam para suas residências e têm contato com os pais, tios, avós e pessoas do grupo de risco. Temos uma preocupação muito grande com a vida dos alunos, dos professores, dos servidores, dos pais, de todos. Quem sabe daqui a pouco não possamos retornar dentro de um protocolo de saúde, que já está sendo criado, para que retornemos com segurança”, disse o governador.

Casagrande reforçou a importância da adoção de protocolos rígidos quando do retorno das aulas presenciais. “Quando voltar, nada será como antes. Teremos que seguir protocolos como o uso de máscara, aferição de temperatura, distanciamento e o uso de álcool em gel. O passo para o retorno deve ser muito seguro”, observou.

EscoLAR

Durante a pandemia, a Secretaria da Educação desenvolveu o EscoLAR, um programa de atividades não presenciais, em que as principais estratégias são a transmissão das aulas pela TV aberta e pela plataforma Google Sala de Aula, que pode ser acessada pelo aplicativo EscoLAR. O Governo do Estado adquiriu pacotes para alunos que não possuem dados móveis.

As escolas que identificarem alunos que não possuem nenhuma das alternativas on-line farão, através de sua própria equipe, a estruturação de uma série de outras ações, para que não haja exclusão de nenhum aluno dos conteúdos. O material, inclusive, pode ser impresso pela escola. Todo o conteúdo de aula fica disponibilizado no site do EscoLAR e no canal do Youtube da Sedu.

Mais Notícias

Deixe um comentário