Prefeito Sérgio Meneguelli disputará ou não a reeleição?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

O Prefeito Sérgio Meneguelli disputará ou não a reeleição? Essa é uma pergunta que aliados e adversários estão se fazendo. Sempre que é questionado ele diz que não é hora de falar de política e sim de pandemia. Estratégia ou não, com essa postura Meneguelli não permite que o tabuleiro eleitoral se monte, pois com a sua participação enquanto candidato, as estratégias dos adversários terão ele como foco.

Mas Meneguelli está envolto de estrategistas. Entre elas o secretário de Comunicação, José Paulo da Costa, que constrói caminhos para o prefeito crescer cada vez mais nas redes sociais. Talvez esse seja o ponto que definirá a sua participação ou não como candidato nas eleições em 2020. Sim as redes sociais poderão ser o fator principal de sua decisão. Exatamente o que construiu sua imagem mais fora do que dentro de Colatina, poderá ser o ponto decisivo para ele fazer a sua escolha.

Via redes sociais, Sérgio, aos poucos, passou a ser conhecido no Estado e em nível nacional, uma figura que transcende a pessoa Meneguelli. E esse tamanho que adquiriu fora de Colatina pode pesar na sua decisão. Considerando o status de celebridade que conquistou fora da cidade e o que isso pode representar na sua  promissora carreira política, pode ser para Sérgio, mais vantajoso ficar na planície por dois anos para depois lançar-se como candidato a um cargo legislativo, sendo estadual ou federal ou até outros vôos.

Por outro lado, administrar a cidade de Colatina, pós pandemia, além das dificuldades naturais, se ganhar, ficaria preso na cadeira por mais quatro anos. Aliados acreditam que essa poderia não ser a estratégia correta, pois o principal instrumento para permanecer na mente das pessoas, mesmo sem mandato, ele possui que são as redes sociais,ou seja não teria baixa em sua popularidade.

Mesmo com um mandato, segundo assessores, bem avaliado, uma campanha política, sabe-se como começa, mas nem sempre como termina; por isso, Sérgio mesmo com a “máquina na mão” e sendo favorito, poderia perder a eleição, até por que as disputas em Colatina historicamente são acirradas e devido ao número de candidatos este ano outro nome poderia ganhar preferência do eleitorado colatinense.

Se a derrota vir a acontecer, além de manchar seu currículo, minaria seu capital político, construído em todo o Estado (como um prefeito tão bem visto em todo o país perde a eleição). Desta forma, ganhando ou perdendo, se o objetivo for alçar voos mais altos, qualquer resultado para ele seria impedimento de seu crescimento.

Mas a decisão já está tomada; somente  ainda não foi divulgada, por ser uma questão de estratégia governamental ou política. Meneguelli vai aguardar até o início de setembro para revelar seus planos. Por enquanto, os adversários constroem dois cenários um com Sérgio tentando a reeleição e outro sem, mas em ambas as situações a tendência é ser uma eleição disputada como é característico do município de Colatina.  

Mais Notícias

Deixe um comentário