Morre aos 59 anos de câncer um dos músicos mais queridos de Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Colatina perdeu, neste domingo, um dos músicos mais talentosos da cidade. Faleceu aos 59 anos, Gilmar Roque Dalmaschio, que era chamado carinhosamente pelos amigos e fãs de Gyma Gil. O músico lutava contra o câncer há meses e, nos últimos 20 dias, ocorreu a piora de seu estado de saúde, não suportando as complicações da doença, faleceu às 11 horas deste domingo (16).

Com um talento reconhecido por todos, seus shows eram garantia de grande público. Com muita versatilidade e formado pelos palcos da vida, Gyma dominava como poucos a arte musical em vários ritmos. Essa mescla de vários sons o tornou admirado e respeitado por todos que o acompanhavam em seus musicais, que eram caracterizados pela competência, talento e alto astral.

Mas por volta de 1 ano o músico começou a sentir os efeitos do câncer no cérebro, que vinha progredindo sem o artista desconfiar do que se tratava. Gyma chegou a ir ao otorrinolaringologista, pois percebia que não estava mais conseguindo ouvir as notas musicais mais baixas. “O médico, na época, disse que o problema era que depois de muitos anos a audição estava diminuindo, normal devido a profissão de músico por 40 anos”, revelou seu amigo e parceiro, o músico Marquinhos do Eclipse.

Há 20 dias o músico fez uma nova cirurgia e foi diagnosticada metástase do câncer, tornando seu caso irreversível. Mesmo assim, a família buscou condições para tentar um tratamento para recuperar seu estado debilitado, mas mesmo tomando a primeira dose do medicamento, não suportou as complicações da doença e veio a falecer.

Gyma Gil há anos vinha passando seu conhecimento musical para os seus alunos. Há aproximadamente três anos estava lecionando na Casa da Cultura de Colatina, ministrando a arte de tocar violão.

Desde o início de sua carreira, quando tocava contrabaixo no grupo musical Independentes, em uma garagem no bairro Nossa Senhora Aparecida, até seus últimos shows com a banda Eclipse como vocalista, Gyma deu exemplo de profissionalismo e talento.

O ex-auditor da antiga Teleste, Gilmar Roque Dalmaschio, faleceu aos 59 anos e deixou a esposa Miriam Campana, os filhos Melina, Marcela e Gabriel, além de muitas pessoas que, durante seus 40 anos de carreira, tiveram a oportunidade de ver e ouvir o que Gyma mais sabia fazer: encantar através da música.

2 respostas

  1. Gima foi o cara que me ensinou em 1989 o que era uma parte do que é telecomunicações, tive o prazer de trabalhar com ele em uma kombi laranja da Telest pelos bairros de Colatina durante muito tempo consertando os antigos orelhões que na época era de ficha. E nossa amizade foi tão boa que ele cantou no meu casamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular