Árbitro amador morre de complicações pós-Covid-19 e causa comoção no meio esportivo colatinense

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A cidade de Colatina, em especial os esportistas, amanheceram mais tristes nesta sexta-feira (28), faleceu aos 69 anos, o árbitro amador José Hermínio Nunes Gregório, o Mudinho. Mesmo com dificuldades em se comunicar, devido a sua deficiência, mudinho ao longo dos anos conseguiu provar a todos que mesmo sem poder expressar as palavras, poderia arbitrar um jogo de futebol e conquistar o respeito dos jogadores e da torcida. 

O árbitro, Mudinho, nasceu no bairro de São Silvano, mas em sua adolescência mudou-se para o bairro Córrego do Ouro, hoje conhecido como Carlos Germano Nauman. Na comunidade conquistou seu primeiro emprego como lustrador de móveis na empresa Zanetti Giacomin.

Foi no bairro Carlos Germano Naumann que teve contato com a sua grande paixão, o futebol. Inicialmente jogando pelo time mais conhecido do bairro que era o time do Samaritana e posteriormente se interessou pela arbitragem. Com problemas de fala, mas com uma capacidade invejável, superou seu problema e aprendeu a ler e escrever e passou a ter um grande conhecimento das regras do futebol.

José Hermínio Nunes Gregório, o Mudinho, apitou em Colatina e em praticamente todas as cidades que fazem divisa com o município, por isso, era tão conhecido em toda a região. Mudinho também arbitrou jogos pelos campeonatos promovidos pela Prefeitura Municipal de Colatina, como Taça Cidade Colatina e Campeonato Rural Municipal.

Mudinho e outros membros de sua família foram contaminados pela Covid-19, após passar a doença, começou a se sentir fraco e não fazia mais suas atividades, foi quando seus familiares perceberam que estava piorando o seu estado de saúde e no dia 14 de abril foi encaminhado para um hospital onde foi internado.

 

Homenagem de um dos mais tradicionais times de futebol de Colatina

Os médicos descobriram que o árbitro amador estava com uma infecção bacteriana que atingiu os pulmões e o sangue. As medicações foram administradas, mas no sábado, 22 de maio, os medicamentos não estavam mais fazendo o efeito desejado e desta data em diante lutou pela vida até as 20 horas de quinta-feira (27), quando não suportando as consequências do pós Covid-19, veio a falecer.

No decorrer desta sexta-feira (28), várias pessoas ligadas ao esporte, em especial ao futebol, se manifestaram pela morte do árbitro mudinho, tanto nas redes sociais quanto pela redação do Portal ES FALA, comunicando seu falecimento e demonstrando sua importância para o esporte amador de Colatina e região.

“Uma pessoa muito querida, mesmo com sua dificuldade, sabia como poucos as regras do futebol. Era um apaixonado pelo esporte, deixará uma grande lembrança por ser uma pessoa querida”. Revela o amigo Zequinha Giacomim.

2 respostas

  1. Eu como desportista e a décadas sou locutor esportivo ,já vesti a camisa do Colatina no Campeonato Estadual e atualmente sou praticante de atletismo fiquei muito sentido pela ida deste guerreiro , bravo e apaixonado pelo futebol . Meus sinceros sentimentos aos seus familiares e a todos as pessoas que mais próximas estiveram do nosso amigo Mudinho .
    Lembro muito dele que por quantas vezes esteve apitando futebol mas a vida é assim mesmo e aqui estamos de passagem .
    Que Deus o tenha ao seu lado lá no céu .

    JC MARIANELLI
    COLATINA ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular