Mutirão de limpeza reúne 300 voluntários e coleta meia tonelada de lixo na margem do Rio Doce em Colatina

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Meia tonelada de lixo foi recolhida pelos voluntários neste sábado (18), na área verde da Avenida Senador Moacyr Dalla, durante a programação do Dia Mundial da Limpeza. Colatina é uma das cidades brasileiras que participa desta ação mundial, que envolveu 180 países com iniciativas de proteção ao meio ambiente. 

As equipes da Prefeitura, do Sanear, da Associação dos Catadores Colatinense de Materiais Recicláveis (Asccor), da Polícia Militar, da Polícia Ambiental, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da Unesc, além dos colatinenses que se inscreveram no site oficial da campanha, puderam participar de diversas atividades nesta manhã. 

O prefeito de Colatina, Guerino Balestrassi, a Secretária de Governo Mara Oliveira, a Secretária de Meio Ambiente Simone Mitre e o diretor geral do Sanear, Nilo Locatelli, e demais autoridades estiveram presentes no Dia Mundial da Limpeza em Colatina. Guerino ressaltou a importância das ações ambientais que o município vem desenvolvendo desde o início de seu mandato e destacou a importância do voluntariado na resolução de problemas sociais. “Estamos nos estruturando para ter um plano municipal de Meio Ambiente, com regras modernas e com visão sustentável. Nenhuma cidade do mundo cresce sem pensar em preservação ambiental. Além disso, ações como o Dia Mundial da Limpeza mostram como o colatinense gosta de participar socialmente, estamos vendo famílias, crianças, jovens, idosos, todos felizes em contribuir”.


Participação do prefeito de Colatina Guerino Balestrassi.

No estande da Asccor, o público podia trazer, de casa, o lixo reciclável para a destinação correta. Quem trouxesse óleo de cozinha usado, trocava por um sabão ecológico no estande da Unesc. Já no espaço montado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente da Prefeitura de Colatina, as pessoas poderiam levar para casa uma muda de planta. O Sanear montou um “Museu do Lixo”, uma exposição de itens inusitados que foram encontrados nas ruas de Colatina, como computadores, máquinas fotográficas, rádios e até um aparelho de fax. As crianças puderam participar de jogos educativos com temática ambiental, além de se deliciar com a distribuição de pipoca, algodão doce e picolé.

A ação mais importante da manhã envolveu os cerca de 300 voluntários, que percorrem a área verde da Beira Rio em um trabalho de coleta do lixo que foi deixado pela própria população que frequenta o espaço de lazer nos finais de semana. E às margens do Rio Doce, as equipes da Prefeitura de Colatina realizaram a limpeza da região, recolhendo diversos materiais jogados nas encostas, como papel, plástico, garrafas de vidro, latas de refrigerante, guimbas de cigarro, embalagens e restos de comida. 


Meia tonelada de lixo recolhida no evento.

Ao final, todo o volume foi trazido para um contêiner, em que os profissionais da Asccor já faziam a separação do lixo sólido e do lixo úmido. Todo o material com possibilidade de reciclagem já era conduzido para o caminhão da Associação. De acordo com o coordenador do Sanear Renato Moreira, aproximadamente meia tonelada de lixo foi recolhida apenas na ação deste sábado. Parte deste lixo ficará neste sábado no contêiner como forma de conscientizar a população sobre o volume de lixo produzido pelos moradores.

ESFALA: fotos créditos/Secretaria de Comunicação de Colatina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular