Polícia Civil inicia investigações sobre denúncias de maus tratos em asilo colatinense

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Polícia Civil de Colatina iniciou investigações quanto as denúncias de maus tratos contra idosos e empréstimos irregulares em nome de idosos da Casa de Repouso conhecido por Lar Pai Abrão, localizado no bairro Martineli.

O Ministério Público Estado do Espírito Santo solicitou a apuração da denúncia. O inquérito foi instaurado e a Policia Civil fará uma série de investigações  para ter as respostas sobre se as denúncias procedem ou não.

Os trabalhos estão sobre a responsabilidade da Delegacia Especializada de Proteção a Criança, ao Adolescente e ao Idoso, do município de Colatina.

A direção do Asilo alega que não há nenhuma irregularidade. O advogado de defesa da Casa de Repouso Gonçalves, diz que as acusações são falsas e relata que a denúncia foi emitida por uma ex-funcionária que não ficou satisfeita com sua demissão.

O advogado também argumentou que quem está na gestão do Asilo é a mãe da acusada, pois a mesma optou por se afastar do cargo para não ser acusada de atrapalhar as investigações. 

A delegada responsável pelo caso, Doutora Jaciely Favoretti Souza, disse que  as investigações estão em andamento, mas ainda em estágio inicial, e que não há previsão de conclusão.

A população Colatinense aguarda a conclusão das investigações com muita atenção, pois as casas filantrópicas do município sempre gozaram de muita credibilidade.

A sociedade organizada e pessoas benevolentes que sempre estiveram presentes no dia a dia das instituições não governamentais da cidade esperam a conclusão das investigações para manter ou não essa credibilidade. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias exclusivas diariamente no seu celular