População se assusta ao ver contêiner ao lado de hospital em Colatina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on print

Populares ficaram espantados com a presença de um contêiner nas proximidades do Hospital Sílvio Avidos. As pessoas que passavam por lá, relacionavam o equipamento com as mortes ocasionadas pelo Covid-19. A explicação para a relação, estão nas informações de que nas grandes cidades como São Paulo, o Governo alugou dezenas desses contentores para armazenar corpos que falecerão devido ao coronavírus.

A presença do contêiner foi o suficiente para as pessoas que passavam pelo local demonstrassem toda a sua preocupação. Tanto pessoalmente, como nas redes sociais, a relação do equipamento com o falecimento de pessoas foi instantâneo. “Meu Deus isso é triste demais, quanta gente vai morrer com isso. Exclamou uma senhora que passava no local”. Um grupo de curiosos ficaram na esquina observando e questionando, qual seria a utilidade do equipamento. Adeilsom Correia, morador da cidade de Governador Lindemberg disse: “Não tem pra onde correr, isso ai é para os corpos mesmo, eles podem até falar que não, mas é”. Revela o senhor que veio fazer exames em Colatina.

Pelas redes sociais as perguntas também surgiram, pessoas questionando o porquê do equipamento ao lado de um Hospital Público. Toda essa reação, demonstra o receio que a população está com a pandemia e suas futuras consequências. Mesmo um grande percentual dos colatinenses não cumprindo a quarentena, o receio é percebido até nos mais céticos.

Mas o contêiner não está ali para que seja ocupado por corpos que venham a falecer devido ao coronavírus, mas sim, para guardar as ferramentas que estão sendo utilizadas em uma obra que o Governo do Estado está executando. São obras internas para abrigar novos leitos que serão disponibilizados para a população.

A ampliação provisória com estrutura modular começou a ser erguida em uma área ao lado da unidade na última sexta-feira (11), exatamente no local que está fixo o contêiner. O espaço irá ofertar 14 leitos de UTI para apoio aos casos da Covid-19. Outros 25 leitos irão funcionar nos espaços que passam por adequações dentro do hospital. Com isso, o hospital terá a capacidade de UTI ampliada em 39 leitos para atender a população da região.

A direção do Hospital Silvio Avidos já havia comunicado que os equipamentos seriam colocados na área externa provisoriamente.  

Mais Notícias

Deixe um comentário